Áudio O Poder das Afirmações Positivas

sábado, 19 de novembro de 2011

TÉCNICA DE VISUALIZAÇÃO POR JOSEPY MURPHY

Josephy Murphy autor do livro best seller O Poder do Subconsciente


O caminho mais fácil e óbvio para formular uma idéia é visualizá-la, vê-la com os olhos da mente tão real como se estivesse mesmo acontecendo. Você pode ver com o olho nu apenas o que já existe no mundo exterior; da mesma forma, o que você pode visualizar nos olhos da mente é o que já existe nos reinos invisíveis da sua mente. 

Qualquer imagem que você tenha em sua mente é a substância de coisas esperadas e a evidência de coisas não vistas. O que você forma em sua imaginação é tão real quanto qualquer parte do seu corpo. A idéia e o pensamento são reais e um dia aparecerão em seu mundo objetivo.

Tenho utilizado a técnica da visualização antes de falar em qualquer tribuna. Acalmo as engrenagens da minha mente a fim de poder apresentar à mente subconsciente minhas imagens de pensamento. Depois, faço um quadro do auditório inteiro e dos assentos ocupados por homens e mulheres, cada um deles iluminados e inspirados pela infinita presença curadora que existe dentro de cada um. Vejo-os alegres, radiantes e livres.

Tendo primeiro construído em minha imaginação, calmamente a mantenho lá como um quadro mental, enquanto imagino ouvir homens e mulheres dizendo: "Estou curado"; "Sinto muito bem"; Tive uma cura instantânea" ; "Estou outro". Fico pensando assim por uns 10 minutos, sabendo e sentindo que a mente e o corpo de cada pessoa estão saturados de amor, harmonia, beleza e perfeição. Libero então o quadro, relaxo, e vou para a tribuna.

Joseph Murphy

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

EFEITOS DA MEDITAÇÃO PARA O MEDITADOR



Meditar é, numa definição possível, remeter a mente a um estado tranquilo no qual ela seja capaz de controlar nossos pensamentos e emoções.

É o retorno ao lar – a volta para dentro de um ponto acessado unicamente pelo meditador.

Os efeitos da meditação vão desde a redução da dor e do estresse até a melhora dos sistemas imunológico, circulatório e respiratório. Ajuda muito também no aspecto psíquico, injetando tranqüilidade, equilíbrio e autoconfiança.

Segundo o budismo, a meditação produz vislumbres profundos sobre a natureza da subjetividade humana, os quais podem influenciar diretamente a saúde física e psíquica, a vida ética e o nível de felicidade de seu praticante.

Meditar durante dez minutos por dia produz um aumento nas ondas alfa do cérebro (as ondas cerebrais de relaxamento), reduz a ansiedade e a depressão.

Segundo o Dalai-lama “meditar é uma disciplina espiritual, que nos permite algum nível de controle sobre nossos pensamentos e emoções”.

Para Osho, “meditação é sentar-se em fazer nada – não usar seu corpo nem sua mente. É parar de pensar e deixar que a mente, sempre tagarela, silencie por conta própria. Sem esforço, de forma relaxada”.
Pela explicação de Rob Naim, meditar “é um estado de mente altamente alerta e habilidoso porque requer que alguém permaneça psicologicamente presente e com o que quer que aconteça dentro e ao redor de alguém sem adicionar ou subtrair seja lá de que forma for”.

Em geral, o ato físico da meditação consiste em sentar-se em silêncio, concentrando-se na respiração, em palavras ou imagens. Muitos meditadores têm dificuldade em suas práticas, não somente porque não estão habituados a parar, mas também porque se preocupam se a prática está correta ou não. Mas, se ao final, ocorrer um bem estar, provavelmente a técnica foi usada corretamente.

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA

•Respiração mais equilibrada e profunda
•Melhora da oxigenação
•Melhora da frequência cardíaca
•Sono mais tranquilo e ininterrupto
•Atenuação de enxaquecas e resfriados
•Digestão facilitada
•Recuperação de cirurgias facilitada
•Prevenção e combate da depressão
•Prevenção e combate da hipertensão arterial
•Prevenção e combate da dor crônica
•Prevenção e combate dos sintomas da síndrome pré-mestrual
•Redução da ansiedade
•Redução da dependência de drogas
•Aumento do equilíbrio interior
•Ampliação da capacidade de concentração
•Aumento da autoconfiança
•Aumento da lucidez
•Exercício equilibrado do livre-arbítrio
•Aumento da clareza mental e da objetividade
•Aumento da paciência e da compreensão
•Aumento da expectativa de vida

Fonte: http://www.ceppjp.org/site/voce-sabe-o-que-e-meditar/

CIENTISTAS EXPLORAM O PODER DE CURA DAS MÃOS


O biólogo Ricardo Monezi, mestre em fisiopatologia experimental pela Faculdade de Medicina da USP e pesquisador da unidade de Medicina Comportamental da Unifesp, estudou a fundo a técnica de imposição de mãos conhecida como reiki.

“Na adolescência, ela me ajudou a vencer uma depressão”, conta. Seu desafio era provar o que havia vivenciado. Começou o trabalho em camundongos com câncer, tentando derrubar a tese usual de que as terapias complementares produzem só um efeito placebo. “O animal não cria vínculos com o terapeuta imaginando que será curado nem tampouco alimenta qualquer tipo de fé”, resume Monezi.

Os ratos foram divididos em três grupos. Um deles não passou por nenhum tratamento; outro foi cuidado com a imposição de mãos; e o terceiro foi apenas coberto com luvas térmicas. Somente os que receberam energia das mãos apresentaram resultados positivos: o sistema imunológico deles teve maior capacidade de destruir os tumores.

“Os dados preliminares apontam que a prática gera mudanças fisiológicas e psicológicas, como a diminuição da depressão, da ansiedade e da tensão muscular, além do aumento do bem-estar e da qualidade de vida.”, conta o médico, que agora estuda o efeito do reiki em idosos.

Há uma década, vem crescendo o número de pesquisas realizadas a respeito do que os cientistas chamam de energias sutis. Um dos centros que avaliam o assunto é a respeitada Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. “A física atual não consegue classificar a natureza dessa força, mas vários estudos indicam que se trata de energias eletromagnéticas de baixa frequência“, afirma Monezi.

O gastroenterologista Tomás Navarro Rodrigues, do Hospital das Clínicas da USP, realizou uma pesquisa em pacientes com dor torácica não cardíaca em parceria com a Universidade do Arizona, nos EUA. O objetivo foi avaliar os efeitos da técnica de origem japonesa johrei, também baseada em transferência energética. Os que foram submetidos a ela tiveram melhora de 90% nos sintomas.

“A maioria das práticas, chamadas de curas prânicas, vem do Oriente e existe há mais de 6 mil anos”, afirma o fisioterapeuta Sílvio Camargo, professor de meditação e ioga e autor do livro “Cura Energética: o Poder Sutil e Curador das Mãos” (Ed. Pensamento).

“Já foram descritas pelos historiadores antigos muito antes da vinda de Cristo. Há referências sobre isso em um papiro encontrado nas ruínas de Tebas, antiga capital do Egito, entre 1550 e 1069 a.C”, acrescenta a ginecologista Marlene Nobre, presidente da Associação Médico-Espírita do Brasil (AME-Brasil) e autora do livro “O Passe Como Cura Magnética” (Fé Editora).

A intenção é sanar problemas físicos ou emocionais em sessões em que o terapeuta coloca as mãos sobre a cabeça do paciente, descendo em seguida pelo corpo, mobilizando energia do próprio doador ou do ambiente. Vem dessa crença o hábito de religiosos de estender as mãos durante a oração na tentativa de transmitir as bênçãos ao destinatário da prece. Para Marlene, assim como existe a transfusão de sangue, também é possível transmitir energia.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

ASSISTA AO NOVO FILME DE DEEPAK CHOPRA "O EFEITO SOMBRA"


Neste filme, Deepak Chopra, Marianne Williamson e Debbie Ford, entre outros, descrevem os detalhes do que é O Efeito Sombra, seus perigos e a importância em conhecer nossos comportamentos destrutivos.

Descrição do Filme:

Todos nós temos um lado obscuro. Encontre a sua Sombra e transforme-a no caminho para os seus sonhos. O que é a Sombra? Bem, a Sombra é tudo aquilo que não queremos ser, mas somos. É aquele sentimento escondido de todos, e aquele desvio de comportamento que uma pessoa considerada boazinha possui. É o desejo de se entregar ao vício, de explodir, de brigar. É toda a energia que tentamos não ter. Porém a Sombra é parte nossa, é algo bom. Escondida, pode transformar-se em maus pensamentos. Mas descoberta e compreendida, a Sombra nos levará ao caminho da plenitude! Sairemos da ilusão de que nossa obscuridade nos dominará e, em vez disso, veremos o mundo sob uma nova luz. A empatia que descobrimos por nós mesmos dará ignição para nossa confiança e coragem à medida que abrirmos nosso coração a todos ao nosso redor. O poder que desencavamos nos ajudará a confrontar o medo que esteve nos segurando e nos incitará a seguir adiante, rumo ao nosso mais alto potencial. Longe de ser assustador, abraçar a sombra nos concede uma inteireza, permite que sejamos reais, reassumindo nosso poder, libertando nossa paixão e realizando nossos sonhos.

Clique na imagem abaixo para assistir ao Filme "O Efeito Sombra" com Deepak Chopra:

sábado, 30 de julho de 2011

MEDITAÇÃO PODE AJUDAR O CÉREBRO A BLOQUEAR DISTRAÇÕES


Nova pesquisa sugere que a meditação pode ajudar a aliviar a dor e a melhorar a memória, regulando a frequência cerebral conhecida como ritmo alfa – que “baixa o volume” das distrações.

Neste tipo de meditação budista, o praticante deve essencialmente manter a “atenção plena” (mindfulness, em ingês) e focar-se no presente.

Em um pequeno estudo, pesquisadores constataram que – quando instruídos para onde deveriam direcionar a atenção – os participantes que praticavam este tipo de meditação conseguiram melhor modular tal frequência cerebral em comparação ao grupo controle que não meditava. Estes participantes haviam concluído um curso de meditação com duração de oito semanas antes do início do estudo.

“Já existem relatos de que a meditação melhora diversas habilidades mentais, dentre elas o acesso rápido à memória”, disse Catherine Kerr, do Massachusetts General Hospital e Harvard Medical School, e também autora do estudo.

“Nossa descoberta de que praticantes de meditação mindfulness conseguem ajustar a frequência cerebral responsável pela distração pode explicar a habilidade superior destas pessoas de se lembrarem de novos fatos e incorporá-los rapidamente”.

O ritmo alfa exerce um importante papel junto às células que processam os sentidos – como o tato, a visão e a audição – no córtex cerebral. Segundo os pesquisadores, ele ajuda o cérebro a ignorar as distrações, ajudando o indivíduo a manter o foco enquanto várias coisas estão acontecendo ao mesmo tempo.


Fonte: THE NEW YORK TIMES

sexta-feira, 22 de julho de 2011

CURSO DE TERAPIAS NATURAIS E HOLÍSTICAS É REALIZADO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

O Sindicato dos Terapeutas do Estado da Paraíba (SINTE-PB) e o Núcleo de Estudos e Pesquisas Homeopáticas e Fitoterápicas da Universidade Federal da Paraíba (NEPHF/UFPB), em parceria, realizam um Curso de Formação Profissional em Terapias Naturais e Holísticas, com carga horária de 1.370h.

Será realizado no mês de agosto com aulas ministradas no Núcleo de Estudos e Pesquisas Homeopáticas e Fitoterápicas da UFPB

O Curso será na modalidade semipresencial e terá inicio em agosto de 2011. As aulas serão ministradas nas dependências do NEPHF, que fica no Centro de Ciências da Saúde, Campus I da UFPB, em dois finais de semana por mês, além de atividades pedagógicas virtuais e atividades de campo.

A duração do Curso será de um ano e quatro meses, sendo um ano e um mês de aulas e três meses de estágio supervisionado.

Mais informações no NEPHF (83) 216-7575 ou o SINTE/PB sinte_pb@yahoo.com.br, telefones (83) 9630-2645; 9176-0367; 9137-1720; 8690-6088; 8834-8639; 8115-1088)

domingo, 26 de junho de 2011

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE SAÚDE QUANTICA E QUALIDADE DE VIDA

Clique na imagem para ampliar

O II Simpósio Internacional de Saúde Quântica e Qualidade de Vida acontecerá em Recife, de 15 a 18 de Setembro - 2011. O evento contará com a participação de 20 cientistas de várias partes do mundo, trazendo a constatação de um novo paradigma capaz de integrar Ciência, Espiritualidade e Cura. 

Um dos palestrantes mais agudardados é o prof. Amit Goswami: , Ph.D em Física Quântica. Amit Goswami, candidato ao Prêmio Nobel, que ficou mundialmente famoso pela sua participação no filme Quem Somos Nós? .Com diversos livros publicados e vários artigos científicos, o trabalho de Amit traz uma fundamentação científica para as terapias energéticas curativas do Oriente e Ocidente, tais como a Acupuntura, Homeopatia, a Medicina dos Chacras, a Medicina Ayurvédica e Chinesa, bem como as evidências da Medicina Mente – Corpo. Mais informações acesse o site do evento: http://www.saudequantum.com/


LOUISE HAY ENSINA COMO VOCÊ PODE CURAR SUA VIDA ATRAVÉS DA MUDANÇA DE PENSAMENTO


Relato de Louise L. Hay

Quero lhe expor um dos mo­tivos que me fazem saber que as doenças podem ser vencidas com a simples troca de padrões mentais.

Anos atrás recebi um diagnóstico de câncer vaginal. Devido ao meu passado, que inclui um estupro aos cinco anos de idade e uma infância cheia de maus-tratos, não foi surpresa eu manifestar a terrível doença nessa parte do corpo. Como já era instrutora de cura mental há vários anos, tomei cons­ciência de que me estava sendo dada a oportunidade de pra­ticar e provar a verdade dos meus ensinamentos. Como qual­quer um que fica sabendo que está com câncer, de início entrei em pânico absoluto, mas logo ele foi substituído pela convicção de que o processo de cura mental funcionava. Consciente de que o câncer é provocado por um profundo ressentimento, guardado por um longo tempo até ele praticamente começar a comer o corpo, eu soube que teria muito trabalho mental à minha frente. Percebi que, se me submetesse a uma operação para me livrar da doença sem eliminar o padrão mental que a estava causando, o câncer voltaria. 

Quando esta ou qualquer outra doença reaparece, não é porque os médicos não "tiraram tudo", mas sim porque o paciente não modificou seu modo de pensar e continua recriando o mesmo mal. Também sabia que, se fosse capaz de eliminar por completo o modelo mental que criara a condição chamada "câncer", eu nem precisaria de ajuda profissional. Portanto, barganhei por mais tempo. Meu médico, a contragosto, me concedeu três meses, deixando bem claro que eu estava pondo a vida em perigo pela demora.

Imediatamente comecei a trabalhar com meu instrutor para eliminar velhos padrões de ressentimento. Até aquela época eu desconhecia que guardava dentro de mim um profundo rancor. Como somos cegos aos nossos modelos mentais! Seria preciso um longo exercício de perdão.

Outra coisa que fiz foi consultar um nutricionista para desintoxicar completamente meu organismo.
Assim, cuidando da limpeza mental e física, em seis meses consegui mostrar aos médicos o que eu já sabia: eu não apresentava mais nenhum tipo de câncer. Ainda guardo o resultado dos primeiros exames, que deram positivo, para me recordar o quanto pude ser negativamente criativa.

Hoje, quando um cliente me procura, por mais terríveis que possam ser seus males, sei que, se ele estiver disposto a fazer o trabalho mental de modificar os velhos padrões e per­doar, praticamente qualquer mal pode ser curado. A palavra "incurável", tão assustadora para muitos, na verdade quer di­zer apenas que determinada doença não pode ser curada por métodos "externos" e que precisamos nos interiorizar para efe-tuar a cura. A "condição" anormal que aparentemente veio do nada voltará para o nada.




Entrevista Louise L. Hay.

Há trinta anos, quando Louise Hay observava como as pessoas permitiam que as doenças e circunstâncias dolorosas controlassem suas vidas, ela prometeu a si mesma ajudá-las a ver que a raiz de suas dores brotava de seus próprios pensamentos negativos. Então, ela se sentou e descreveu em um caderninho azul como os nossos padrões e crenças mentais tinham o poder de contribuir para as doenças em nosso corpo. Este caderninho se tornou o livro título deste artigo, foi publicado em 1984, traduzido para 29 línguas e que já vendeu mais de 35 milhões de cópias em todo mundo.

Sua mensagem simples é: "O corpo, como tudo na vida, é um espelho de nossos pensamentos e crenças internos. Cada célula de nosso corpo responde a cada pensamento que pensarmos e cada palavra que pronunciarmos."

Pois bem, transcrevo aqui, conforme apresentado pela Louise, alguns dos problemas femininos, a causa provável e o novo padrão de pensamento a ser trabalhado diariamente, “n” vezes/dia.


Problema
Causa Provável
Novo Padrão de Pensamento
Aborto espontâneo
Medo. Medo do futuro. “Não agora... mais tarde.” Hora errada.
A correta Ação Divina está sempre acontecendo em minha vida. Eu me aceito como sou, eu gosto de mim.
Apetite
- Excesso


- Falta
Medo. Necessidade de proteção. Desconfiança das próprias emoções.
Medo. Proteção de si mesma. Falta de confiança na vida.

Estou protegida. É seguro sentir. Meus sentimentos são normais e aceitáveis.
Eu me amo e aprovo meu jeito de ser. Sinto-me protegida. A vida é segura e divertida.
Bexiga e Cistite
Ansiedade. Ligação a velhas idéias. Medo de abandonar antigos condicionamentos.
Fácil e tranquilamente, eu me desfaço do que é velho e dou as boas-vindas ao novo. Estou em segurança.
Diabetes
Pesar por coisas que poderiam ter acontecido. Grande necessidade de exercer controle. Mágoa profunda. Dificuldade de lidar com a doçura da vida.
Este instante está cheio de alegria. Eu agora escolho vivenciar a doçura do dia de hoje.
Enxaqueca
Detesta ser dirigido. Resiste ao fluxo da vida. Medos sexuais. Geralmente aliviada pela menstruação.
Relaxo no fluir da vida e, numa atitude de tranqüilo conforto, deixo-o prover tudo o que preciso. A vida me ampara.
Feminino, Síndromes
Negação de si mesma. Rejeição da feminilidade, da essência feminina.
Alegro-me por minha feminilidade. Gosto de ser mulher. Gosto do meu corpo.
Insônia
Medo. Não confia no processo da vida. Culpa.
Tranquilamente desligo-me do dia e entrego-me a um sono sereno sabendo que o amanhã seguirá seu rumo natural.
Intestinos
Assimilação. Absorção. Fácil eliminação.
Eu assimilo e absorvo tudo o que preciso saber e liberto-me do passado com alegria.
Distúrbios da Menstruação
Rejeição da feminilidade. Culpa, medo. Crê que os órgãos genitais são sujos ou pecaminosos.
Aceito meu poder feminino e todas as minhas reações corporais porque são normais e naturais. Gosto de mim e de ser quem sou.
Obesidade
Medo, necessidade de proteção. Fuga dos sentimentos. Insegurança. Auto-rejeição.
Estou em paz com meus próprios sentimentos. Estou segura em meu lugar: meu corpo. Crio minha própria segurança. Eu me amo e gosto do meu jeito de ser.
Ovários
Representam os pontos da criatividade.
Minha criatividade flui facilmente.
Útero
Representa a MORADA da criatividade.
Sinto-me perfeitamente à vontade com meu corpo de fêmea.
Vulva
Representa a vulnerabilidade.
É seguro ser vulnerável.
Retenção de líquidos
O que estou com medo de perder?
Eu me desprendo das coisas.
Rigidez muscular
Pensamentos rígidos, controles.
É bom ser flexível em relação às idéias. É bom ser leve.

Sangue

- Anemia
- Coágulos

Falta de alegria. Falta de circulação de idéias.
Hesitação. Falta de alegria. Medo da vida. Não se sente boa o bastante. Alienação.
Não se permite ter alegria

Novas idéias, cheias de alegria, fluem livremente pelo meu corpo.



É seguro encontrar alegria em tudo na vida. Amo viver. Estar aqui na Terra.


Desperto nova vida dentro de mim. É extremamente fácil para mim fluir com ela.
Seios
Representam a maternida-de e o alimento físico e espiritual.
Dou e recebo alimentos de maneira equilibrada.
Tireóide
- Hipo
- Hiper
Vontade de desistir de tudo. Sente-se irremediá-velmente sufocada.
Raiva por ter sido deixada de lado.
 


Vou começar uma vida nova, com novos ideais. Uma vida que me satisfaça plenamente.


Eu sou o centro de minha vida. Estou satisfeita comigo e com tudo que vejo.


Fonte: http://www.docelimao.com.br/site/sindromes-do-feminino/457-cure-sua-vida-louise-hay.html 

Assista ao filme documentário "Você Pode Curar sua Vida" de Louise Hay clicando no link a seguir: http://www.mentalizacao.com.br/p/videos.html

sábado, 11 de junho de 2011

O PODER DO PENSAMENTO NEGATIVO


 Pesquisa europeia afirma que o pessimismo dos pacientes pode comprometer a eficácia de tratamentos, mesmo com as melhores técnicas

Uma antiga crença popular acaba de ganhar comprovação científica. Publicado em fevereiro na revista Science Translational Medicine, um estudo liderado pela Universidade de Oxford, da Grã-Bretanha, com a participação de outras três instituições europeias, mostrou que o pensamento negativo pode, sim, ter consequências nocivas. Pelo menos quando o assunto é saúde.

Decididos a desvendar os mistérios do cérebro e a testar se as convicções dos pacientes podem alterar o resultado de um tratamento, os cientistas reuniram 22 voluntários para uma bateria de exames. No laboratório, sem que os envolvidos soubessem, manipularam suas expectativas em relação à dor. Os resultados foram surpreendentes.

sábado, 30 de abril de 2011

DICAS DE SUCESSO DO BILIONÁRIO WARREN BUFFET






Houve uma entrevista de uma hora, na CNBC, com Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, que recentemente fez uma doação de 31 bilhões de dólares para a caridade.

A seguir, alguns aspectos interessantes de sua vida.

1. Comprou a sua primeira ação aos 11 anos, e hoje lamenta tê-lo feito tardiamente! As coisas eram baratas naquele tempo... Incentive seus filhos a investirem.

2. Comprou uma pequena fazenda aos 14 anos, com as economias oriundas da entrega de jornais. Pode-se comprar muitas coisas com pequenas economias.
Incentive seus filhos a iniciarem algum tipo de negócio.

3. Ainda vive na mesma casa modesta, de 3 quartos , no distrito de Omaha, a qual comprou após se casar, 50 anos atrás. Diz ele que tem tudo o que precisa naquela casa. Sua casa não possui muros nem cercas.
Não compre mais do que você 'realmente precisa', e incentive seus filhos a fazerem e pensarem o mesmo.

4. Dirige seu próprio carro para todo lugar, e não tem motorista particular, nem equipe de segurança à sua volta.
Você é o que é....

5. Nunca viaja em jato particular, embora seja proprietário da maior companhia aérea privada do mundo.
Pense sempre num jeito de realizar as coisas de maneira econômica.

6. Sua empresa, Berkshire Hathaway, possui 63 companhias. Escreve apenas uma carta anual aos principais executivos destas companhias, dando-lhe as metas para o ano. Nunca promove encontros nem os convoca habitualmente.
Nomeie as pessoas certas para as missões certas.

7. Transmitiu aos seus executivos somente duas regras:
Regra nº 1: não perca nenhum centavo do dinheiro de seu acionista.
Regra nº 2: não se esqueça da regra nº 1.
Estabeleça metas e certifique-se de que as pessoas nelas se concentrem.

8. Não costuma freqüentar a alta-sociedade. Seu passatempo, após chegar em casa, é fazer ele mesmo um pouco de pipoca e assistir a televisão.
Não tente se mostrar, simplesmente seja você mesmo e faça aquilo que gosta de fazer.

9. Warren Buffet não usa telefone celular, nem tem computador sobre sua mesa.
10. Bill Gates, o homem mais rico do mundo, encontrou-se com ele, da primeira vez, cinco anos atrás. Bill Gates achava que nada tinha em comum com Warren Buffet. Portanto, programara seu encontro apenas por meia hora. No entanto, quando Gates o encontrou, este encontro perdurou por dez horas, e hoje em dia, Bill Gates o considera o seu guru.

Seus conselhos aos jovens:

Fique longe de cartões de crédito e empréstimos bancários, invista o seu dinheiro em você mesmo, e lembre-se:

A. O dinheiro não cria o homem, mas é o homem quem criou o dinheiro.
B. Viva a sua vida da maneira mais simples possível.
C. Não faça o que os outros dizem - ouça-os, mas faça aquilo que você se sente bem ao fazer.
D. Não se apegue às grifes famosas; use apenas aquelas coisas em que você se sinta confortável.
E. Não desperdice o seu dinheiro em coisas desnecessárias; ao invés disto, gaste nas coisas que realmente precisa.
F. Afinal de contas, a vida é sua ! Então, por que permitir que os outros estabeleçam leis em sua vida ?

As pessoas MAIS FELIZES NÃO TÊM, necessariamente, as MELHORES COISAS. Elas simplesmente APRECIAM aquilo que têm.

Fonte: CNBC

segunda-feira, 25 de abril de 2011

MINHA EXPERIÊNCIA PESSOAL COM A LEI DA ATRAÇÃO E A LOTERIA



A primeira vez que escutei falar sobre a lei da atração foi através do livro “O Poder do Subconsciente” do Autor Joseph Murphy no ano de 1996. Na época eu tinha 18 anos de idade e tudo que acreditava como verdadeiro na minha vida advinha dos conhecimentos adquiridos através da igreja católica. Logo no início a idéia de que podemos atrair tudo na nossa vida através do nosso pensamento e não através da divindade causou em mim um grande impacto, pois divergia do que me fora ensinado. Contudo esse novo conhecimento fazia grande sentido para mim, pois esclarecia mais do que confundia.

A excitação logo tomou conta de mim e passei a tentar colocar em prática todas as técnicas que estava aprendendo. Confesso que não foi fácil, pois a ansiedade atrapalhava e logo eu me via questionando, será que vai funcionar? Eu lembro que naquele ano cheguei a comprar e ler praticamente toda a obra do Autor Joseph Murphy que tinha em torno de 12 livros publicados. Todas as noites antes dormir eu praticava as técnicas do “cinema mental” e da “oração científica”. Visando tornar os meus desejos realidade.

Acho que muitas pessoas quando descobrem as possibilidades que a lei da atração nos oferece pensam em ficar milionários jogando na loteria. A lei da atração diz que atraímos para a nossa vida tudo aquilo com o qual pensamos e damos atenção durante certo período de tempo. Então, por que não pensar em ganhar um prêmio desses? Já que esse conhecimento é tão poderoso, ele poderia realizar esse meu sonho, certo?

Eu me lembro que fiquei determinado em ganhar na loteria, fui à casa lotérica e fiz meu primeiro jogo. Passei a semana inteira visualizando ser o grande vencedor do prêmio. No dia do sorteio conferi a minha cartela e para a minha grande surpresa! Não acertei nenhum número! Não tem nada não, o tempo foi curto eu precisava mentalizar mais, visualizar mais... Fiz outro jogo e continuei na expectativa... Até que chegou o grande dia do sorteio e o vencedor foi... Outra pessoa! Quem espera sempre alcança esse é meu lema, fui lá e tentei mais uma vez e nada. O valor do jogo é tão pequeno que não custava nada comprar mais uma cartela. Dessa forma fazia quase um mês que eu visualizava ganhar na loteria e até então nada tinha acontecido.

Já na quarta semana, faltando dois dias para sair o resultado e poder conferir o meu último jogo, tive uma experiência que me deixou surpreso. Há uns 15 dias atrás eu tinha estado na casa lotérica para pagar uma conta e sobrou um troco que pedi para trocar por quatro raspadinhas da sorte. Eu raspei na hora as quatro e duas vieram premiadas para trocar por mais duas, imediatamente fiz a troca, e raspei novamente. Em uma eu não ganhei nada e na outra tinha sido premiado para trocar por mais uma. Naquele momento eu tive um insight, fiquei lembrando uma passagem do livro de Joseph Murphy em que o autor dizia para agente acreditar na intuição. Dentro de mim eu não estava colocando fé que seria premiado naquela hora. Então, fui embora e deixei essa raspadinha de lado no meu carro. Decidi que só iria trocá-la quando sentisse um forte desejo no meu coração em fazer aquilo.

Faltando apenas dois dias para o sorteio da loto eu aguardava ansiosamente pelo resultado. Naquele dia acordei com um sentimento bom, e na volta da universidade para casa senti um desejo dentro de mim de trocar a raspadinha que restou, mas sem grandes pretensões. Para a minha surpresa a nova raspadinha que recebi estava premiada, e ganhei um prêmio no valor de aproximadamente R$ 500,00 (Quinhentos Reais).

Eu quase não acreditei, fiquei muito feliz, e me questionando como aquilo tinha acontecido, pois o meu foco estava no jogo da sena e de repente ganhei aquele dinheiro de uma forma inusitada. Então pensei, os meus exercícios de visualização estão dando certo, eu vou ganhar o prêmio da loto e ficar milionário. Quando chegou o dia de conferir a minha cartela eu não tinha sido premiado novamente. Então pensei que aquilo não estava funcionando e ao invés de ficar feliz com o progresso que estava tendo uma frustração imensa me invadiu e me desmotivei de continuar tentando.

Texto: Luciano Medeiros (Autor do Site Mentalização)
Publicado originalmente em: http://www.mentalizacao.com.br/2011/04/minha-experiencia-com-lei-da-atracao-e.html

domingo, 24 de abril de 2011

FÍSICA QUÂNTICA E ESPIRITUALIDADE.



O professor Laércio B. Fonseca, físico e especializado em astrofísica, acaba de concluir seu mais recente livro sobre ufologia: FÍSICA QUÂNTICA E ESPIRITUALIDADE. Essa obra contém uma análise extremamente científica dos fenômenos paranormais e espirituais. Utilizando as mais modernas teorias científicas da atualidade o professor desenvolve modelos, capaz de explicar com clareza esses fenômenos, bem como funcionam os mecanismos mediúnicos.

Esse livro trará para todos uma nova vertente de pesquisa e estudo bem como levando esses assuntos, pela primeira vez, a um status científico dessa natureza. O professor Laércio pretende demonstrar quantitativamente todas essas questões e abrir um campo, pela primeira vez, de se discutir espiritualidade dentro de parâmetros altamente técnicos e dentro de modelos científicos aceitáveis a toda ciência atual. Queremos inaugurar, com isso, uma nova fase da parapsicologia mundial que está sendo incorporada a ciência moderna. Essa Nova Ciência está fundamentada em uma corrente científica nos meios da física denominada NOVA FÍSICA. A Nova Física é uma vertente dentro da física atual que leva em consideração a consciência como parte integrante das teorias físicas, ou seja, é imprescindível que a vida, a consciência integre daqui para frente qualquer modelo científico para explicar qualquer fenômeno no universo 


Sobre Laércio Fonseca

O professor Laércio tem dedicado toda sua vida e seu tempo no trabalho de levar às pessoas a verdadeira consciência espiritual da vida. Formado em física pela Unicamp e especializado em astrofísica abandonou sua vida universitária para se dedicar totalmente a área espiritual. Dirigi há mais de 35 anos o Espaço Caminho da Luz, atualmente nas montanhas na zona rural da cidade de São Tomé das Letras – MG. Nesse espaço  o professor ministra palestras, cursos, vivências, aulas de kung fu, tai-chi-chuan, yoga, medicina oriental, pesquisas ufológicas  e seus trabalhos na área holística em geral. Ministra cursos e conferências por todo Brasil. Venha fazer uma visita em nosso Ashran aqui nas montanhas do sul de Minas Gerais.

Mais informações acesse: http://www.laerciofonseca.com/

A CURA PELO PERDÃO



Pesquisas e estudos vêm comprovando os benefícios, tanto mentais quanto físicos, do ato de perdoar. Entrevistamos o Dr. Fred Luskin, autor de O Poder do Perdão, que estuda o assunto há mais de quatro anos.

Segundo o dicionário (Dicionário Michaelis) a palavra perdão significa “conceder perdão, absorver, remitir (culpa, dívida, pena, etc), desculpar e poupar-se”. Sim! O ato de perdoar envolve tudo isso e ainda muito mais. Pesquisas e estudos vêm sendo desenvolvidos nesses últimos anos para mostra e comprovar o poder e os benefícios do perdão.

Porém, não é justo dizer que somente agora o mundo está se dando conta do poder do perdão. No aspecto científico, talvez, mas crença e religiões já pregam a importância do perdão há muitos e muitos anos, principalmente como um ato importante para a saúde do espírito.

No ano passado, Charlotte Van Oyen Witvliet, professora de psicologia do Hope College, em Michigan, EUA, e seus colega, fizeram uma experiência com 71 voluntários. Nela, foi pedido a eles que se lembrassem de alguma ferida antiga, algo que os tivesse feito sofrer. Nesse instante, foi registrado o aumento da pressão sanguínea, dos batimentos cardíacos e da tensão muscular, reações idênticas às que ocorrem quando as pessoas sentem raiva. E quando foi pedido que eles se imaginasse entendendo e perdoando as pessoas que lhes haviam feito mal, eles se mostraram mais calmos, e com pressão e batimentos menores [...]