quarta-feira, 22 de abril de 2015

CROMOTERAPIA: O LUMINOSO UNIVERSO DAS CORES


 A postagem que estou fazendo hoje fala sobre a cromoterapia “o luminoso universo das cores”. Você acredita que a luz emanada por uma lâmpada colorida pode influenciar positivamente na cura de uma enfermidade? Creio que muitas pessoas podem até duvidar disso, mas tenho certeza que todas gostariam que fosse verdade. Então, porque você não testa?

Vou te contar a minha experiência pessoal com a cromoterapia. Certo dia, quando retornava da universidade, a minha moto derrapou numa poça de óleo derramada no asfalto, me desequilibrei e cai para o lado batendo o braço no chão. Levantei-me em seguida e continuei o meu caminho de volta para casa, algumas horas depois o meu braço inchou e comecei a senti muita dor. 


De imediato fui ao hospital e bati um Raio X. O médico que me atendeu disse que o meu osso tinha fraturado e por este motivo teria que colocar um gesso para imobilizá-lo. Saí do hospital com o meu pai dirigindo o carro para mim e preocupado com todas as coisas que tinha para fazer e que agora teria que adiar.


Quando cheguei em casa, recordei da leitura de um livro que tinha feito chamado “Manual das Energias Curativas”, onde ensinava como utilizar a cromoterapia “terapia das cores” para acelerar a cura de uma fratura com a aplicação da luz verde. Então, todos os dias, antes de dormir eu praticava a meditação me concentrando no fluxo da minha respiração e acendia uma luz verde direto no meu braço enfermo. Esses exercícios me deixava tão relaxado que logo em seguida adormecia e acordava na mesma posição que deitei com o corpo virado para cima. Eu tinha a sensação que assim que fechava os olhos depois de alguns minutos eu abria e já era um novo dia, acordava com bastante disposição.


Passado um mês do ocorrido, voltei ao médico para retirar o gesso, estava contando os dias para esse momento chegar, pois já não aguentava mais viver com aquele peso no braço e todas as restrições de quem fica imobilizado. Entrei no consultório e o médico depois de me examinar disse que eu iria retirar o gesso apenas para bater um novo Raio X, mas que colocaria um novo porque não tinha dado tempo do osso colar. Essa notícia caiu como um balde de água fria em mim.


Triste, porém conformado, fiz os dois procedimentos e voltei em sua sala. Assim que entrei pela porta notei o médico surpreso olhando fixamente o resultado do meu Raio X. Então, ele me disse:  você não precisa mais colocar um novo gesso porque o seu osso já está totalmente colado. E complementou a informação dizendo que isso não era normal acontecer em tão pouco tempo, mais que o exame estava mostrando claramente o resultado positivo.


Eu atribuo à rapidez da minha melhora a utilização da cromoterapia. Hoje ela é uma ciência reconhecida aplicada inclusive nos Centros de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde espalhados pelo Brasil financiado pelo SUS. 


A seguir eu reuni informações importantes sobre a cromoterapia para você que quer testar os seus efeitos na saúde assim como eu fiz.

Um grande abraço, Luciano Medeiros.

Autor do site Mentalização.






PESQUISAS CIENTÍFICAS QUE EMBASAM A CROMOTERAPIA

A cromoterapia pode ser definida como o uso das cores visando o tratamento de distúrbios orgânicos e emocionais. O entendimento de que existe uma relação entre as cores (luz) e a vida é antiga. Essa prática foi utilizada pelos povos do antigo Egito, nos templos de Heliópolis, na China e na Índia. Grandes nomes da história fizeram uso da cromoterapia e pesquisaram seus efeitos, como o Médico e botânico Paracelso, que desenvolveu métodos terapêuticos de uso da cor. No século XVIII, Isaac Newton, foi o primeiro a explicar cientificamente o processo das cores e a sua decomposição em comprimento de ondas diferenciada.

Experimentos científicos realizados no passado já comprovaram a influencia das cores no bem estar físico e emocional do ser humano. Em 1810 Goethe estudou os efeitos das cores sobre a psique humana, a sua obra foi batizada como o “estudo sobre a teoria das cores”. Em 1903, o professor Nilo Finsen, recebeu o prêmio Nobel da Medicina pelos seus trabalhos sobre os efeitos da luz e cores, seus experimentos comprovaram que as cores são forças autônomas e não podem ser confundidas com forças sugestivas. Quando bem utilizadas às cores pode contribuir para a melhoria da saúde, bem-estar e alegria de viver. Em 1993 o cientista indiano D. P. Ghadiali editou uma obra sobre a cromoterapia, explicando cientificamente os efeitos positivos das diferentes cores no organismo.


Na atualidade a cromoterapia tem sido cada vez mais aceita e aplicada por muitos profissionais da área de saúde como prática integrativa devido aos seus efeitos benéficos acrescentados ao tratamento convencional. Uma nova medicina tem surgido nos últimos anos, valorizando tudo o que é científico, moderno e tecnológico mais também os aspectos biopsicossocial, espiritual e ecológico do ser humano. Esta terapia vista como holística se baseia no fato que o âmbito físico, mental e emocional estão inter-relacionados e são responsáveis pela saúde ou doença. As cores são forças solares sutis, que carregam em si energias que ativam e harmonizam as forças curativas do organismo. A sua irradiação é absorvida pelo corpo, mente e alma, estimulando a auto cura.


Já se sabe que as cores contem tanta energia que pode influenciar o ritmo respiratório e a pressão sanguínea de alguém. A cromoterapia é a ciência moderna que estuda essa relação. Você pode utilizar as energias terapêuticas das cores de várias formas, começando pela sua casa. Para dormir melhor você poderia utilizar o verde-suave para seu quarto. A cor vibrante e alegre do vermelho é melhor para lugares onde haja movimento. O amarelo que inspira a luz do sol seria perfeito para um quarto de estudo ou trabalho.


COMO UTILIZAR A CROMOTERAPIA



Para começar a utilizar a cromoterapia o primeiro passo é escolher a cor que deseja trabalhar. Consulte os quadros 01 e 02 abaixo para saber o tempo e a ação curativa de cada cor. Depois pegue uma lâmpada colorida ou uma folha de papel transparente que receba a projeção de uma lâmpada. Tire os sapatos e meias e sente-se no chão com as pernas estendidas, coloque a lâmpada a uns 50 cm de distância dos pés e dirija o raio de luz para o centro da planta de um dos pés. É por esse ponto que a energia colorida entra no corpo. Depois siga o mesmo procedimento para o outro pé. O quadro a seguir mostra o tempo necessário para cada cor produzir efeito curativo no organismo:


Quadro 01: Efeito curativo das cores vermelho, laranja, amarelo e verde.
Vermelho
7 minutos
Laranja
10 minutos
Amarelo
12 minutos
Verde
15 minutos
Energiza, melhora a circulação, aumenta a pressão sanguínea. Use-a para ciática. Não a use se for hipertenso.
Ajuda a digestão e melhora o metabolismo. Boa para reumatismo, cãibras, espasmos e asma.
Estimula o sistema nervoso, o fígado, o pâncreas e os rins. Use-a para tratar constipação  e artrite.
Produz equilíbrio físico e mental e é excelente para o estresse. Use conforme orientações para não estimular demasiadamente o coração.
Fonte: Adaptado de Soskin (2002).


Quadro 01: Efeito curativo das cores turquesa, azul e violeta.
Turquesa
15 minutos
Azul
15 minutos
Violeta
15 minutos
Refrescante e repousante fortalece os sistemas nervoso e imunológico. Abranda inflamações e eczemas.
Excelente cor curativa para todas as situações. Reduz a pressão sanguínea e promove o crescimento saudável de células e tecidos.
Melhora a estabilidade mental, ajuda a purificar o corpo e eleva a autoestima. Excelente também no tratamento de choques.
Fonte: Adaptado de Soskin (2002).


 A cromoterapia tem o poder de expandir a consciência agindo em nível emocional de forma a acalmar e estimular. As energias curativas das cores podem ser assimiladas pelo corpo de várias formas. Podem-se irradiar as cores pelas roupas que usamos, alimentos que ingerimos e pela respiração durante a meditação imaginando suas tonalidades. Outra forma de utilização é colocando um copo de água mineral cerca de 20 minutos sob a Lâmpada da cor que estamos precisando e depois ingerir a água. Também é recomendada a utilização de óculos coloridos, olhar durante 15 minutos através deles é o suficiente para conseguir um efeito de cura.





INDICAÇÃO E CONTRAINDICAÇÃO DO USO
DAS SETE CORES DO ARCO-ÍRIS




Quadro 03 – Indicação e contraindicação do uso das sete cores do arco-íris.
CORES
INDICAÇÃO
CONTRAINDICAÇÃO
Vermelho
Esta cor também é eficaz nas inflamações, doenças de pele, pressão baixa, tosse crônica, asma, doenças na laringe, mas também nas inflamações da bexiga, perturbações gástricas, impotência e frigidez.
Não deve ser usado em casos de perturbações nervosas, pressão alta, crises de febre ou inchações.
Laranja
Tem ação sobre a vitalidade física e sexual, confere otimismo, calor humano, fortalece a corrente linfática e ajuda o corpo a fixar o cálcio. É também significativo o efeito anti-espasmódico em convulsões ou tensões, causadas por stress. A cor laranja age sobre a fraqueza renal, prisão de ventre, glândulas, fortalece o tecido pulmonar. O cansaço ao levantar pode ser melhorado com uma rápida aplicação de raios laranja.
Não deve ser usado em caso de nervosismo, ansiedade ou em excesso de energia.
Amarelo
Estimula o sistema nervoso central, as funções digestivas, ajuda o metabolismo do fígado (este geralmente é responsável pela celulite e acne), fortalece o tônus muscular, o estômago e estimula a linfa. Fortalece o sistema glandular, transforma os males crônicos em agudos e é indicado em doenças do fígado, bexiga, rins e estômago. Ademais, tem ação terapêutica em alergias a alimentos, flatulência, carência de açúcar no sangue, cálculos renais, espasmos e dificuldades respiratórias.
Não deve ser usado em pessoas nervosas e agitadas.
Verde
O verde tem sido eficaz cm problemas de nervos, gota, catarro brônquico e coqueluche. É bom para a formação óssea, fortalece e regenera a pele e é eficaz contra seborréia e acne. O verde ameniza dores cardíacas, pressão alta, cansaço e fadiga. Também
é usado em casos de tumores, abcessos, cistos e doenças dos olhos. Perturbações do sono também são beneficiados com a cor verde.
Não há contraindicações no uso da cor verde.
Azul
Todas as doenças "febris" exigem luz azul. Atua em processos purulentos, em dores, em hemorragias e insônia (colocar um abajur com luz azul no criado-mudo). Age sobre os testículos e ovários e é indicado nos casos de impotência e frigidez. É a cor do climatério. Com a luz azul também se trata hipertireoidismo, dor de garganta, febre, hipertensão, inflamações, queimaduras, infecções dermatológicas, eczemas, úlceras, gastrite, cólicas, dores nas costas, hemorróidas, otites, gengivites. Influencia favoravelmente as supra-renais e tem efeito constritivo.
Não é recomendado em distensões musculares, paralisia, má circulação. A aplicação da luz azul não deve durar mais do que trinta minutos, pois pode provocar cansaço.
Índigo
Doenças dos olhos, ouvidos e nariz são beneficiadas com as vibrações desta cor. Também tem influência positiva em diarreias e problemas intestinais, todos os tipos de dores e fadiga mental.
Não é recomendado em casos de esquizofrenia, medo de contatos corporais ou fortes inibições.
Violeta
Depressão, enxaquecas, queda de cabelo e caspa. Tem efeito benéfico sobre o pâncreas e estimula as glândulas linfáticas. Esta cor tem ação calmante sobre o coração, amenizando sensações de medo e estados de irritação.
Não é recomendado para pessoas pouco desenvolvidas, imaturas ou violentas. Isto vale para o nível físico, assim como para o nível espiritual.
Fonte: Adaptado de Waltraud (1997).

sexta-feira, 10 de abril de 2015

FORMAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA POSITIVA E COACHING



Ao unir a excelência dos treinamentos em Coaching à qualidade do rico embasamento teórico da mais moderna vertente da psicologia, a Psicologia Positiva, o IBC - Instituto Brasileiro de Coach oferece um curso exclusivo, a pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching.

O Coaching é o processo mais eficaz de desenvolvimento humano, utilizado para ampliar e acelerar resultados de pessoas, equipes e empresas, e, agregado a Psicologia Positiva, potencializará ainda mais seus resultados e a sua carreira, seja qual for sua área de atuação.

A Psicologia Positiva é o estudo das experiências e dos traços positivos dos seres humanos, e como eles se manifestam. Surgiu na última década do século XX, com o intuito de abrir novas perspectivas para a investigação e intervenção na psicologia.

O Público – Alvo da Pós – Graduação em Psicologia Positiva e Coaching são profissionais com nível superior, advindos de todas as áreas do conhecimento humano. Coaching é uma metodologia universal e a pós do IBC é destinada a todos os profissionais interessados em agregar o diferencial de uma especialização em Coaching à sua carreira, como também aqueles que querem se especializar no que há de mais moderno na psicologia, a Psicologia Positiva.

1ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA POSITIVA, REALIZADA PELA ASSOCIAÇÃO DE PSICOLOGIA POSITIVA DA AMÉRICA LATINA – APPAL

Martin Seligman: Pai da Psicologia Positiva

O Instituto Brasileiro de Coaching foi um dos apoiadores da 1ª Conferência Brasileira de Psicologia Positiva, realizada pela Associação de Psicologia Positiva da América Latina – APPAL, que ocorreu, entre os dias 20 e 21 de outubro de 2011, no Rio de Janeiro, contando com a presença do pai da psicologia positiva, Martin Seligman.

O evento teve como objetivo apresentar a psicologia positiva como um novo campo de conhecimento científico, além de um movimento acadêmico e cultural. Profissionais e pesquisadores de altíssimo padrão apresentaram seus mais recentes desenvolvimentos em psicologia positiva, neurociência e outras áreas afins.

A participação do IBC no evento consolidou o conhecimento acadêmico e a representatividade do instituto diante do tema no Brasil, além disso, José Roberto Marques, Presidente do IBC, dividiu o palco com Martin Seligman, ministrando palestra com o tema “Coaching e Psicologia Positiva, caminhos para o desenvolvimento”.

Síntese do Conteúdo
• Fundamentos da Psicologia Positiva
• Positividade e Neurociência
• Medicina Positiva
• Emoções e Significado
• Virtudes, Caráter e Forças Pessoais
• Flow e Mindfulness
• Ferramentas e Aplicações Práticas de Psicologia Positiva
• Psicologia Positiva e Coaching

Público da formação
A formação em Psicologia Positiva é destinada à profissionais que desejam uma formação, com conhecimento no que há de mais moderno na psicologia, a Psicologia Positiva.

Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching

A formação em Psicologia Positiva aliada a excelência dos treinamentos de Coaching desenvolvidos no IBC, garantem a obtenção do diploma de Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching com carga horária total de 360 horas.

Realizando a pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching você terá além da titulação da pós-graduação mais seis certificação: Professional Coach, Self Coach, Leader Coach e Analista Comportamental, certificação em Linguagem Ericksoniana aplicada ao Coaching e Master Coach.

• A formação em Psicologia Positiva pode ser realizada em qualquer momento da sua formação em Coaching, sendo necessário Ensino Superior completo, para obtenção do diploma de pós-graduação e Coaching.

Público da pós-graduação

O público-alvo da Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching são profissionais com nível superior, advindos de todas as áreas do conhecimento humano, interessados em agregar o diferencial de uma especialização em Coaching à sua carreira, além do rico conhecimento da formação em Psicologia Positiva.

 1º Módulo – Formação em Coaching – 150 horas

Esse é a primeira etapa da Pós-Graduação. Após realizar a Formação Professional and Self Coaching – PSC você estará habilitado e certificado para atuar como Coach Profissional, junto a pessoas, empresas e organizações. Além disso terá quatro certificações: Professional Coach, Self Coach, Leader Coach e Analista Comportamental, essa última através da ferramenta Coaching Assessment.

 *Pré-Requisito: Formação PSC 2º Módulo – Certificação em Coaching – 110 horas

A abordagem Ericksoniana oferece recursos fantásticos para comunicação em qualquer contexto, seja ele empresarial, terapêutico, pessoal ou em Coaching. E também no desenvolvimento de uma percepção de comunicação aguçada, facilitando rapport, capacidade de liderança, potencialização das sessões de Coaching e das relações humanas no geral, além de oferecer um processo único e intenso de extração dos aprendizados produzidos no inconsciente.

*Pré-requisito: Formação PSC e Coaching Ericksoniano

3º módulo – Pós-Especialização em Coaching – 110h

Na Certificação Master Coach você entrará em contato com o que há de mais avançado em termos de desenvolvimento humano e fortalecer sua identidade como Coach desenvolvendo uma metodologia própria, fazendo parte da Elite do Coaching.

 *Pré-requisito: Formação Master Coach e Ensino Superior Completo

4º Módulo – Desenvolvimento do Trabalho Final – 150 horas

Esse módulo fornece todos os conceitos, descobertas, padrões, ferramentas e linguagem desenvolvidos pelos cientistas e teóricos da Psicologia Positiva. Você estará munido de conhecimentos que propõe maneiras de questionarmos e modificarmos a maneira de como lidamos com nossas experiências, sendo elas positivas ou não.

Lembrando que o módulo em Psicologia Positiva pode ser realizado em qualquer momento da sua formação em Coaching, e para a obtenção do diploma da pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching, é necessário ensino superior completo.




segunda-feira, 6 de abril de 2015

ASSISTA AO DVD "MUDE OS SEUS PENSAMENTOS MUDE A SUA VIDA" E AO FILME "THE SHIFT" DO AUTOR AMERICANO DR. WAYNE W. DYER

Dr. Wayne W. Dyer


Estou disponibilizando no site Mentalização mais dois vídeos, dessa vez do famoso autor de Autoajuda Estadunidense Dr. Wayne W. Dyer.


Vídeo 01: DVD mude os seus pensamentos mude a sua vida

Vídeo 02: “The shift”: o filme de Wayne Dyer sobre a busca pelo significado da própria vida, na íntegra.


SOBRE O AUTOR

WAYNE W. DYER é um autor de renome internacional e palestrante nas áreas de autodesenvolvimento e crescimento espiritual. Ele é o autor de mais de 40 livros, incluindo 20 best-sellers listados pelo Jornal  New York Times. Ele criou muitos programas de áudio e vídeo, e já apareceu em milhares de programas de televisão e de rádio ao redor do mundo.

Seus livros “Manifeste seu Destino”, “Sabedoria das Idades”, “Há uma solução espiritual para todos os problemas”, e os best-sellers do New York Times  “10 Segredos para o Sucesso e Paz Interior”, “O poder da intenção”, “Inspiração”, “Mude seus pensamentos - mude sua vida”, viraram especiais na televisão pública dos EUA.

Nascido e criado em Detroit, Michigan, Estados Unidos, Dyer fez Doutorado em Aconselhamento Educacional pela Universidade Estadual de Wayne e atuou como professor associado na Universidade de St. John, em Nova York.

Através de seu trabalho no início do ensino universitário e da psicologia clínica, ele descobriu a necessidade de tornar os princípios da sua autodescoberta e crescimento pessoal à disposição de um público mais  vasto. Seu primeiro livro para os leitores em geral, “Suas Zonas Errôneas”, publicado em 1976, tornou-se um best-seller internacional e iniciou sua carreira como autor e palestrante.

Após a publicação de uma série de livros best-sellers sobre a psicologia prática do auto aperfeiçoamento, Dr. Dyer diz que sentiu uma mudança em seu pensamento que o levou a explorar os aspectos espirituais da experiência humana. "Meu objetivo é ajudar as pessoas a olhar para si mesmos e começar a mudar seus conceitos. Lembrem-se, nós não somos o nosso país, a nossa raça, ou religião. Somos espíritos eternos. Ver a nós mesmos como seres espirituais sem etiqueta é uma maneira de transformar o mundo e chegar a um lugar sagrado para toda a humanidade", diz ele.

Dr. Wayne Dyer é carinhosamente chamado de "pai da motivação" por seus fãs. Apesar de sua infância passada em orfanatos e lares adotivos, Dr. Dyer superou muitos obstáculos para tornar seus sonhos realidade. Hoje ele passa muito do seu tempo, mostrando aos outros como fazer o mesmo. Sua mensagem principal é que é possível para qualquer pessoa viver uma vida extraordinária. Além do mais, é possível para qualquer pessoa manifestar seus desejos mais profundos. Ser Supremo e honrar sua divindade interior e conscientemente optar por viver o seu melhor.

Quando não está viajando pelo mundo entregando suas palavras edificantes, Dr. Dyer está escrevendo a partir de sua casa em Maui - apreciando a beleza da natureza, seus mergulhos com as criaturas do mar, e as visitas felizes de seus filhos e netos.

Para saber mais sobre o autor acesse: http://www.drwaynedyer.com/



SOBRE O DVD - DVD MUDE OS SEUS PENSAMENTOS MUDE A SUA VIDA

O DVD destaca alertas espirituais que constituem uma base para encontrar uma forma de vida que garanta a abundância e o equilíbrio. Pela aplicação do Tao, é possível mudarmos os nossos pensamentos, e como, através da sua prática, pode conseguir mais harmonia e equilíbrio, base da prosperidade.

O Tao Te Ching, atribuído ao filósofo chinês Lao-tzu, foi chamado "o livro sábio alguma vez escrito" expresso em 81 pequenos versos, é uma obra de sabedoria que foi traduzida mais do que qualquer livro no mundo inteiro, à exceção da bíblia.

Características

Duração: 95 min
Língua: Inglês - legendado em português

O Vídeo pode ser acessado abaixo:






FILME: “THE SHIFT” DE WAYNE DYER SOBRE A BUSCA PELO SIGNIFICADO DA PRÓPRIA VIDA, NA ÍNTEGRA



Como podemos saber qual é o nossa missão, como mudar e criar a nossa vida, como ir além da ilusão e do ego e alcançarmos a nossa essência e sentir a verdadeira paz e felicidade.

Excelentes mensagens espirituais e muito inspiradoras do filme "The Shift", de Wayne Dyer.




sábado, 4 de abril de 2015

ENTENDA OS TRÊS CONCEITOS BÁSICOS DA FILOSOFIA DO YOGA


A maioria das pessoas pensa que praticar yoga é fazer posturas físicas complicadas e difíceis. Mas as posturas psicofísicas (asanas) são apenas um passo da Filosofia e Ética do Yoga.

A Bhagavad Gita, a escritura essencial do Yoga, um dos tesouros espirituais do mundo dá três definições do Yoga:

“Yoga é equilíbrio da mente”.
“Yoga é habilidade na ação”.
“Yoga é romper a união com a dor”.

Vamos contemplar um pouco cada uma dessas definições:

Equilíbrio da mente é Yoga

Primeira definição: “Equilíbrio da mente é Yoga”. Quando se desapega dos sentimentos e das ações negativas, das emoções descontroladas, das ilusões, você está se estabelecendo no Yoga. Está em um processo de reestruturação, criando um alicerce sólido, não permitindo que os acontecimentos externos afetem sua estabilidade interna.

Para alcançar esse equilíbrio é necessário desenvolver a perseverança, a constância, a determinação, paciência e estabilidade. Sem essas qualidades positivas não se consegue realização, nem a verdadeira felicidade.

Todas as suas ações devem ser verdadeiras e honestas. Para se alcançar o equilíbrio da mente é muito importante a vigilância sobre os pensamentos e a prática da meditação por um período prolongado. É preciso praticar com firmeza e constância, para estabilizar o que já se alcançou, e assim, suas conquistas internas se tornarão permanentes.

Yoga é a habilidade na ação

Segunda definição do Yoga: “Yoga é a habilidade na ação”. É a habilidade de agir com integridade e de se manter afastado das ações incorretas e más. Parar de apontar os defeitos alheios e de querer provar que é melhor que as outras pessoas. É libertar-se do orgulho e da competição. É desenvolver o altruísmo, fazendo as ações não apenas para si mesmo, mas pensando também no benefício dos outros.

É fazer o bem sem querer receber em troca o que fez. Parar de fazer cobranças e de querer mudar os outros. É lutar contra a própria escuridão e defeitos. É mudar a si mesmo, procurando desenvolver virtudes, mantendo o foco na luz do Ser interior.

Muitas pessoas desejam ajudar ao próximo, diminuir o sofrimento e a fome, desenvolver boas qualidades, aspiram pela paz mundial, mas não se esforçam o suficiente. Ficam apenas pensando e não se comprometem com essas ações.

É necessário motivação, aspiração e comprometimento no caminho do yoga, na busca da força e paz interior.

Yoga é romper a união com a dor

A terceira definição: “Yoga é romper a união com a dor. É divorciar-se da dor. Quando você se tornar estável no Yoga, pode cortar a dor pela raiz. Pode diminuir o sofrimento que é causado pela falta de dinheiro, por falta de amor, pela baixa auto-estima, pelas perdas.


Segundo as escrituras indianas existem três tipos de aflições:

1ª - É o sofrimento causado pelo corpo ou pela mente. É gerado internamente por doenças no corpo e desejos insatisfeitos da mente. É causado por hábitos errados na alimentação, vida indisciplinada e pelos vícios. É causado pela busca dos prazeres dos sentidos, que são gratificantes no início, mas se transformam em dor e doenças.
2ª- É a aflição causada pela natureza, pelos terremotos, enchentes, seca, clima muito frio ou muito quente. O sofrimento causado por insetos ou calamidades.
3ª- É o sofrimento causado pelos espíritos e energias negativas. (É bom purificar o ambiente colocando incenso, cantando e ouvindo mantras, pedindo paz a todos os seres. Manter a mente positiva também é muito importante para sintonizar com energias positivas).

O Yoga nos ensina que mesmo havendo sofrimento neste mundo, podemos ser felizes apesar de tudo. Através das práticas do Yoga, da meditação, do estudo da Filosofia e Ética do Yoga, do cultivo das virtudes, podemos nos libertar da dor.

Baba Muktananda, um grande Mestre iogue, ensinou que para aceitar o sofrimento com gratidão é necessário aprender uma nova linguagem. Ele disse: “Essa nova linguagem surge quando você sofre muito em sua vida. Aceitar o sofrimento é suportá-lo com coragem e firmeza; essa é a nova linguagem. É compreender que seu sofrimento é merecido, aceitá-lo alegremente e tolerá-lo com coragem”.

Não é achar que é um pecador e merece sofrer. É compreender que tem de passar por essa dor para purificar-se das impurezas que acumulou. É deixar de ser vítima. É ser um guerreiro, com fé e força para superar e aceitar sem revolta, aprendendo e cultivando qualidades divinas como paciência, humildade, aceitação, firmeza interior.

É praticar os ensinamentos do yoga para se divorciar da dor. É encarar a dor sem desânimo. É deixar a mente livre do desalento, da depressão, da ansiedade. É superar com esforço constante e resolução a turbulência da mente, a incerteza da ação e as três aflições.

Espero que você encontre esse guerreiro dentro de você. Tenha essa motivação e resolução de alcançar a tranquilidade da mente, a alegria e força interior. Fique em paz!

Texto:  Emilce Shrividya Starling
Fonte:  http://www2.uol.com.br/vyaestelar/conceitos_yoga.htm



sábado, 28 de março de 2015

VOCÊ ACREDITA EM MAU-OLHADO? VOU TE CONTAR A MINHA HISTÓRIA.


A história que agora eu vou contar remete a minha infância quando, ainda pequeno, eu ia visitar os meus avôs maternos. Lembro-me como se fosse hoje da primeira vez que vi o meu avô ajoelhado no chão da sala com as mãos juntas, rezando uma senhora que eu não conhecia. A cena não teria nada demais se não fossem os fortes bocejos que ele dava durante a oração, tal como fazemos quando estamos com muito sono. Esse gesto chamava a minha atenção e a dos meus primos e nos fazia sorrir; no entanto, de pronto, a nossa atitude era repreendida pelos nossos pais. Com o passar do tempo fui compreendendo do que se tratava: meu avô era uma espécie de rezador “tirador de olhado”. Ele era conhecido na cidade como “Seu Pedro Rezador”.

Vovô Pedro era dono de um grande carisma. Estava sempre disposto a ajudar ao próximo e tinha a felicidade estampada em seu rosto, com um sorriso largo e fácil em sua face; via graça em tudo! Muito católico e religioso, criou todos os seus 09 filhos dentro da doutrina cristã. Teve um início de vida difícil, marcado pela infância pobre. Ficou órfão de pai e mãe ainda menino, mesmo assim sempre se manteve alegre e feliz. Trabalhou como comerciante proprietário de uma mercearia e uma fábrica de bolo antes de se aposentar.

Quando cresci questionei o meu avô acerca de como ele tinha apreendido a oração que fazia, foi quando ele me contou a sua história. Ainda jovem, ele morava na cidade de Santa Rita-PB e frequentava a casa de uma senhora que o rezava de mau-olhado usando galhos de arruda. Assim que decidiu se mudar para a capital, João Pessoa, ele se dirigiu à casa desta benzedeira para contar-lhe dos seus planos de mudança, e avisar que por conta disso, demoraria a voltar, mas que retornaria sempre que possível. Diante disso, ela pediu para que o meu avô esperasse alguns minutos que ela faria uma oração em particular e que depois teria algo especial para comunicar. Ao acabar a sua reza ela revelou ao meu avô que tinha perguntado em sua oração se ele tinha o dom da cura, pois ela via nele uma pessoa pura e de alma bondosa, típico de quem possuía esse dom. Como a resposta deu positiva, ela disse que ele não precisaria mais voltar lá, que ela ensinaria a sua oração e a partir daquele dia ele mesmo podia se rezar e aos outros também. Assim, meu avô iniciou um trabalho muito bonito de cura e benção que durou até o final de sua vida. 

Com o passar do tempo, o seu dom de cura se espalhou pela cidade, deixando-o muito conhecido. Todos os dias ele atendia a diversos pedidos de oração, rezava por telefone ou pessoalmente quando as pessoas iam a sua casa. Tinha o maior prazer e amor em fazer esse trabalho que se tornou sua maior missão de vida, nunca tendo cobrado nada por isso. Nos finais de semana evitava até sair de casa, pois eram os dias em que recebia mais visitas em sua casa com pedidos de oração e aconselhamento. Às vezes vinham famílias inteiras para receber a sua benção, adultos, jovens, crianças e até recém-nascidos. Aproveitava esses momentos para catequizar os visitantes e contar as histórias da bíblia que tanto gostava.

A sua oração começava assim: primeiro ele pedia o primeiro nome da pessoa por quem faria a oração, em seguida iniciava “Deus de Abrão, Deus de Izac, Deus de Jacó, Meu Senhor Jesus Cristo, Meu Divino Espírito Santo, Abençoa meu pai eterno a “Fernando” (Dizia o nome da pessoa). Livrai “Fernando” do Mau-olhado, inveja, ambição, má vontade, olhos grandes, comida que ofendeu. Inflamação na cabeça, no baço, nos intestinos, diabete, estresse, estafa, prisão de ventre... (Dizia o nome de várias enfermidades). Finalizando com a seguinte frase: deixando “Fernando” livre são e salvo em nome das três pessoas realmente distintas que são Pai, Filho, Espírito Santo. Amém!

Se a pessoa na qual ele estivesse rezando tivesse com alguma das enfermidades citadas na oração, no momento em que ele citasse o nome da doença, ele sentia um soluço como forma de aviso. Era como se fosse um diagnóstico. Então ele terminava de abençoar a pessoa e pedia que ela fosse se consultar com um médico para se tratar daquela doença que acusou em sua oração, o que era confirmado posteriormente pelos médicos. Mas se a enfermidade da pessoa fosse mau-olhado ele mesmo resolvia. Ele dizia que durante a oração o mau-olhado que estava na pessoa doente passava para ele, então começava uma reza especial para curar o olhado em si mesmo. Conseguia até dizer se o olhado foi de homem ou de mulher, se pela frente ou pelas costas.

Para que o olhado saísse por completo tinha que conseguir rezar uma “Ave Maria” e um “Pai Nosso” inteiro sem bocejar. Dependendo do tamanho do olhado que a pessoa trazia consigo, ele bocejava sem parar. Às vezes o seu bocejo era tão alto e grande que ele se curvava para trás e permanecia alguns segundos com a respiração parada até voltar ao normal. Eu já o vi ficar em torno de 10 minutos bocejando direto sem parar ao rezar uma pessoa que estava com muito olhado. Se a pessoa tivesse muito carregada, ele pedia aos que estivessem ao seu redor que o ajudassem rezando também para auxiliá-lo.

A pessoa que estava com mau olhado e fosse rezado pelo meu avô sentia a melhora na hora, era impressionante. Os sintomas de alguém com olhado é o corpo mole, às vezes seguido de febre, enjoo, indisposição e dor de cabeça. Esses sintomas cessavam de imediato, como que em um passe de mágica! Ele dizia que as pessoas colocavam olhado nos outros muitas vezes sem querer, através de pensamentos de inveja ou de admiração, e se a pessoa estivesse fraca espiritualmente, aquela energia emanada naquele momento ficava na pessoa.  Ele já me curou de olhado várias vezes ao longo da minha vida. Eu presenciei casos reais de cura em membros da minha família e de desconhecidos. Algumas pessoas podem não acreditar, eu respeito, mas eu vivi e presenciei esses milagres da fé durante toda a minha vida até o seu falecimento aos 90 anos de idade.

Eu já cheguei a me questionar se essa cura se dava através do poder da sugestão. No entanto, como explicar meu avô receber um pedido de oração para rezar por uma pessoa que nem sabia que estava sendo rezada e na mesma hora a pessoa melhorava e só ficar sabendo depois que foi realizada uma oração de cura? Isso acontecia corriqueiramente. Dentre inúmeros casos que poderia contar, lembro-me de um particularmente. Havia uma jovem que fazia uma semana que estava deitada na cama doente e sem querer comer; a mãe dela ligou para o meu avô desesperada e ele fez a oração por telefone sem a jovem saber. Assim que a oração acabou, com a sua mãe ainda ao telefone conversando com meu avô, a jovem saltou da cama e foi até a sala dizer para a mãe que estava com fome e que queria comer, tendo se restabelecido totalmente. A mãe ficou impressionada! A minha tia me contou como o seu marido que até então era cético passou a acreditar na oração dele. Certa vez a sua filha adoeceu e precisou ser levada ao hospital com urgência, no caminho ela ligou para vovô rezá-la, como ele não estava em casa deixou um recado. Ao retornar do hospital seu marido atendeu a ligação do meu avô apreensivo dizendo que tinha recebido o recado e que na oração tinha dado que ela estava com um problema no sangue, sendo o mesmo diagnóstico que o médico tinha acabado de dar. A partir desse momento toda vez que ele se sentia mal ligava para o sogro.

Meu avô chegava a rezar em torno de 40 pessoas por dia, seja pessoalmente em sua casa ou por telefone. Recebia ligações de todo o Brasil e até mesmo do exterior em busca de orações. O que eu acho engraçado é que essa questão de tratar do  mau-olhado é muito comum no meio Espírita e no Candomblé. Mais ele nunca associou a esse tipo de religiosidade. Sempre teve o respeito e o apoio dos padres da igreja e da comunidade católica que frequentava. Então eu te digo, acredito piamente na existência desse tipo de energia por experiência própria.

Se você ficou curioso sobre o meu avô, coloquei a seguir um vídeo dele rezando a avó de uma amiga minha que tinha 102 anos, dá para ver o início da reza, pois a bateria do telefone que filmava acabou e não consegui registrar até o final.  

Texto: Luciano Medeiros
Autor do Site Mentalização: www.mentalizacao.com.br

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

EXPERIÊNCIA PRÁTICA SOBRE A FORÇA DO PENSAMENTO

66666

Rosa com rótulo de Amor e Gratidão à esquerda e Ódio e Rancor à direita. Foto após 108 horas do início do experimento. Através de uma experiência simples que você pode repetir em casa é possível comprovar a força do pensamento positivo.

Quantas vezes já não ouvimos dizerem que pensar positivo ajuda? Mas será que pensar positivo realmente pode atrair coisas, influenciar e ajudar a alcançar determinado resultado? Será que desejar mal ou bem a alguém pode transferir energia negativa ou positiva a essa pessoa? Acredite, pode sim, muito mais do que você, eu ou qualquer um poderia imaginar.

A inspiração

Há alguns meses tomei conhecimento sobre os estudos de Marasu Emoto. Este cientista japonês, autor do livro “ Mensagem oculta da água”, pesquisa o precioso líquido há mais de 20 anos. Entre suas inúmeras experiências, Emoto descobriu que o nosso pensamento consegue alterar a água em nível subatômico a ponto de influenciar na formação de cristais de gelo.

Seus experimentos não são fáceis de serem reproduzidos em casa. Utilizam um microscópico óptico que amplia a imagem 200x com uma moderna câmera fotográfica acoplada e câmaras frigorificas capazes de congelar e manter a água à temperatura de -15°C .  O trabalho de Emoto comprovou que rotular amostras de água com palavras positivas ou negativas interfere na formação de cristais de gelo.

Inspirados nos estudos de Emoto, comecei a fazer experiências com flores. Experimentos simples que você mesmo pode repetir em casa e comprovar como nossos pensamentos podem interferir no mundo a nossa volta.

A teoria

De maneira simples e direta, o que pensamos sai da nossa cabeça e é transmitido para o meio externo, interferindo nas coisas a nossa volta. Este fenômeno foi denominado por Emoto como Hado. Quanto mais emoção colocamos em um pensamento, mais energia transmitimos através dele.

7777
Preparação das rosas e dos copos com água tratada

Preparação das rosas

Vou até uma floricultura, seleciono rosas de mesmo tamanho e aparência, retiro as folhas e corto seus caules do mesmo tamanho.

Preparação dos copos 

Coloco 300 ml de água da torneira em pelo menos 3 copos iguais. Aplico rótulos de “amor e gratidão” em um deles. Em outro “Ódio e Rancor”, “Stress e Raiva” e demais pensamentos ou sentimentos negativos. Utilizo também como amostra reguladora, um copo com o rótulo em branco.

Energização

2 a 3 vezes por dia eu aproximo minha mão da amostra com as palavras “Amor e Gratidão” e sem tocá-las penso em amor e gratidão. Da mesma forma penso em ódio e rancor ou outros sentimentos negativos ao aproximar minha mão da amostra com essas palavras. Confesso que não é nada fácil cultivar pensamentos negativos diante de uma flor tão frágil e delicada.

88888
Preparação das rosas e dos copos com água tratada

A experiência com as flores está se tornando um livro a ser lançado ainda este ano e deixa uma enorme lição para todos nós. A de cuidar com muito carinho dos nossos pensamentos. Se alimentar pensamentos negativos podem deteriorar uma rosa em poucas horas, imagine o que podem fazer com a nossa saúde durante anos. Da mesma forma, cultivar uma visão mais positiva sobre a vida pode trazer mais felicidade e saúde a todos a nossa volta e a nós mesmos. Os resultados são impressionantes, veja as fotos. E você pode realizar este experimento em casa, sem a utilização de equipamentos científicos.

99999 
Foto 96 horas após início da experiência.

Obs: Estas fotos foram retiradas por uma câmera amadora de 5,1 megapixels com utilização de flash. Para que não ficassem pesadas, as fotos publicadas aqui foram convertidas em jpeg com 50% de qualidade. As fotos não receberam qualquer tratamento digital ou montagem.

Fonte: Escrito por Giovanni Mileo

terça-feira, 8 de julho de 2014

A EDITORA AGIR LANÇA NO BRASIL O MAIS NOVO LIVRO DE DEEPAK CHOPRA “DEUS - UMA HISTÓRIA DE REVELAÇÃO”.


No livro Deus – Uma História de Revelação, lançamento da Editora Agir, o médico  e pensador indiano Deepak Chopra analisa a evolução de Deus através da experiência de dez personalidades históricas, entre filósofos, poetas, místicos e mártires.

Deepak traça um retrato de um Deus em constante transformação, mostrando como nossas crenças também se transformaram ao longo dos séculos. 

“Pensei essa obra como uma meditação sobre Deus em nós a partir da experiência de pessoas que foram, de alguma forma, tocadas pelo divino.  As mensagens não são as mesmas mas há um padrão. Deus evoluiu? O que evoluiu, na verdade, foi o entendimento humano.  Quando a consciência evolui, também Deus evolui. Essa jornada nunca termina”, diz

Conhecido como um dos principais mestres da filosofia oriental no Ocidente, Deepak escreveu mais de 60 livros, incluindo Maomé: uma biografia do último profeta (Editora Agir), e possui mais de 20 títulos na lista dos mais vendidos do New York Times.

 Em seu novo livro ele faz um perfil fascinante de Deus e mostra como o divino é experimentado em diferentes religiões, como o cristianismo, o judaísmo, o hinduísmo e o islamismo. Cada capítulo conta a história do encontro de um personagem com a voz de Deus. Num esforço para entender melhor Deus e trazê-lo para mais perto de nós, o autor dá sua visão das mensagens recebidas por cada personalidade. Uma reflexão sobre o mistério da existência, a real natureza de Deus, o poder da fé e a busca pela consciência e o autoconhecimento. 

“A busca de Deus é uma busca interior. Se parece que há contradições nas mensagens sagradas recebidas pelas personalidades retratadas no livro, elas são, na verdade, fruto de nossas próprias limitações”, afirma.

Em suas palestras mundo afora Deepak Chopra costuma dizer que hoje a ciência é a “religião” que o homem usa para tentar entender a natureza e os mistérios da existência. Ao seguir os passos desses visionários, ele nos mostra que a sociedade moderna tem sido privada das revelações divinas, que dependem não de provas consistentes, mas de um caminho espiritual que resulta na conexão com Deus. Antes de nós, muitos ouviram a voz divina. Este livro prova que, sim, é possível ouvi-la ainda hoje. “Com o colapso da fé como herança comum, cada um de nós precisa empreender a busca interior de sua escolha”, resume.

Cada capítulo, um personagem:
1 – Jó, personagem do Antigo Testamento
2 - Sócrates (69 a.C.-399 a.C), filósofo
3 -  Apóstolo Paulo ou São Paulo (4 aC - 64 dC);
4 - Shankara (700-750), metafísico e monge indiano
5 - Rumi (1207-1273), poeta, jurista e teólogo sufi
6 - Juliana de Norwich (1342-1416), beata beneditina
7 - Giordano Bruno (1548-1600), teólogo, filósofo, escritor e frade dominicano
8 - Anne Hutchinson (1591-1643), pregadora inglesa, dissidente religiosa puritana, que viveu na era colonial inglesa da América do Norte
9 - Baal Shem Tov (1700-1760), rabino místico polonês, fundador do hassidismo
10 - Rabindraath Tagore  (1861-194), poeta, romancista, dramaturgo e música bengali, primeiro não europeu a ganhar o prêmio Nobel de Literatura em 1910


Sobre o autor:

Especialista em clínica geral e endocrinologia, Deepak Chopra é membro da American Association of Clinical Endocrinologists, professor adjunto de Programas Executivos do Kellogg School of Management da Universidade Northwester e ilustre acadêmico da Columbia Business School, da Universidade de Columbia.

Palestrante do evento anual Update in Internal Medicine, patrocinado pela Harvard Medical School e pela Beth Israel Deaconess Medical Center, é um fenômeno em todos os campos em que atua. Autor Best-Seller, Chopra tem mais de 20 milhões de livros vendidos em todo o mundo, são traduzidos em mais de 80 idiomas.

Fundador do The Chopra Center for Wellbeing em Carlsbad, na Califórnia, foi eleito uma das 100 personalidades mais influentes do século pelo Time Magazine. Deepak, que foi amigo pessoal de Michael Jackson, coleciona uma legião de fãs ilustres, como Lady Gaga, Gwyneth Paltrow, Madonna e Demi Moore, entre outras celebridades.