Pesquisa: o que você gostaria de encontrar no site Mentalização?

sexta-feira, 10 de abril de 2015

FORMAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA POSITIVA E COACHING



Ao unir a excelência dos treinamentos em Coaching à qualidade do rico embasamento teórico da mais moderna vertente da psicologia, a Psicologia Positiva, o IBC - Instituto Brasileiro de Coach oferece um curso exclusivo, a pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching.

O Coaching é o processo mais eficaz de desenvolvimento humano, utilizado para ampliar e acelerar resultados de pessoas, equipes e empresas, e, agregado a Psicologia Positiva, potencializará ainda mais seus resultados e a sua carreira, seja qual for sua área de atuação.

A Psicologia Positiva é o estudo das experiências e dos traços positivos dos seres humanos, e como eles se manifestam. Surgiu na última década do século XX, com o intuito de abrir novas perspectivas para a investigação e intervenção na psicologia.

O Público – Alvo da Pós – Graduação em Psicologia Positiva e Coaching são profissionais com nível superior, advindos de todas as áreas do conhecimento humano. Coaching é uma metodologia universal e a pós do IBC é destinada a todos os profissionais interessados em agregar o diferencial de uma especialização em Coaching à sua carreira, como também aqueles que querem se especializar no que há de mais moderno na psicologia, a Psicologia Positiva.

1ª CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE PSICOLOGIA POSITIVA, REALIZADA PELA ASSOCIAÇÃO DE PSICOLOGIA POSITIVA DA AMÉRICA LATINA – APPAL

Martin Seligman: Pai da Psicologia Positiva

O Instituto Brasileiro de Coaching foi um dos apoiadores da 1ª Conferência Brasileira de Psicologia Positiva, realizada pela Associação de Psicologia Positiva da América Latina – APPAL, que ocorreu, entre os dias 20 e 21 de outubro de 2011, no Rio de Janeiro, contando com a presença do pai da psicologia positiva, Martin Seligman.

O evento teve como objetivo apresentar a psicologia positiva como um novo campo de conhecimento científico, além de um movimento acadêmico e cultural. Profissionais e pesquisadores de altíssimo padrão apresentaram seus mais recentes desenvolvimentos em psicologia positiva, neurociência e outras áreas afins.

A participação do IBC no evento consolidou o conhecimento acadêmico e a representatividade do instituto diante do tema no Brasil, além disso, José Roberto Marques, Presidente do IBC, dividiu o palco com Martin Seligman, ministrando palestra com o tema “Coaching e Psicologia Positiva, caminhos para o desenvolvimento”.

Síntese do Conteúdo
• Fundamentos da Psicologia Positiva
• Positividade e Neurociência
• Medicina Positiva
• Emoções e Significado
• Virtudes, Caráter e Forças Pessoais
• Flow e Mindfulness
• Ferramentas e Aplicações Práticas de Psicologia Positiva
• Psicologia Positiva e Coaching

Público da formação
A formação em Psicologia Positiva é destinada à profissionais que desejam uma formação, com conhecimento no que há de mais moderno na psicologia, a Psicologia Positiva.

Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching

A formação em Psicologia Positiva aliada a excelência dos treinamentos de Coaching desenvolvidos no IBC, garantem a obtenção do diploma de Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching com carga horária total de 360 horas.

Realizando a pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching você terá além da titulação da pós-graduação mais seis certificação: Professional Coach, Self Coach, Leader Coach e Analista Comportamental, certificação em Linguagem Ericksoniana aplicada ao Coaching e Master Coach.

• A formação em Psicologia Positiva pode ser realizada em qualquer momento da sua formação em Coaching, sendo necessário Ensino Superior completo, para obtenção do diploma de pós-graduação e Coaching.

Público da pós-graduação

O público-alvo da Pós-Graduação em Psicologia Positiva e Coaching são profissionais com nível superior, advindos de todas as áreas do conhecimento humano, interessados em agregar o diferencial de uma especialização em Coaching à sua carreira, além do rico conhecimento da formação em Psicologia Positiva.

 1º Módulo – Formação em Coaching – 150 horas

Esse é a primeira etapa da Pós-Graduação. Após realizar a Formação Professional and Self Coaching – PSC você estará habilitado e certificado para atuar como Coach Profissional, junto a pessoas, empresas e organizações. Além disso terá quatro certificações: Professional Coach, Self Coach, Leader Coach e Analista Comportamental, essa última através da ferramenta Coaching Assessment.

 *Pré-Requisito: Formação PSC 2º Módulo – Certificação em Coaching – 110 horas

A abordagem Ericksoniana oferece recursos fantásticos para comunicação em qualquer contexto, seja ele empresarial, terapêutico, pessoal ou em Coaching. E também no desenvolvimento de uma percepção de comunicação aguçada, facilitando rapport, capacidade de liderança, potencialização das sessões de Coaching e das relações humanas no geral, além de oferecer um processo único e intenso de extração dos aprendizados produzidos no inconsciente.

*Pré-requisito: Formação PSC e Coaching Ericksoniano

3º módulo – Pós-Especialização em Coaching – 110h

Na Certificação Master Coach você entrará em contato com o que há de mais avançado em termos de desenvolvimento humano e fortalecer sua identidade como Coach desenvolvendo uma metodologia própria, fazendo parte da Elite do Coaching.

 *Pré-requisito: Formação Master Coach e Ensino Superior Completo

4º Módulo – Desenvolvimento do Trabalho Final – 150 horas

Esse módulo fornece todos os conceitos, descobertas, padrões, ferramentas e linguagem desenvolvidos pelos cientistas e teóricos da Psicologia Positiva. Você estará munido de conhecimentos que propõe maneiras de questionarmos e modificarmos a maneira de como lidamos com nossas experiências, sendo elas positivas ou não.

Lembrando que o módulo em Psicologia Positiva pode ser realizado em qualquer momento da sua formação em Coaching, e para a obtenção do diploma da pós-graduação em Psicologia Positiva e Coaching, é necessário ensino superior completo.




segunda-feira, 6 de abril de 2015

ASSISTA AO DVD "MUDE OS SEUS PENSAMENTOS MUDE A SUA VIDA" E AO FILME "THE SHIFT" DO AUTOR AMERICANO DR. WAYNE W. DYER

Dr. Wayne W. Dyer


Estou disponibilizando no site Mentalização mais dois vídeos, dessa vez do famoso autor de Autoajuda Estadunidense Dr. Wayne W. Dyer.


Vídeo 01: DVD mude os seus pensamentos mude a sua vida

Vídeo 02: “The shift”: o filme de Wayne Dyer sobre a busca pelo significado da própria vida, na íntegra.


SOBRE O AUTOR

WAYNE W. DYER é um autor de renome internacional e palestrante nas áreas de autodesenvolvimento e crescimento espiritual. Ele é o autor de mais de 40 livros, incluindo 20 best-sellers listados pelo Jornal  New York Times. Ele criou muitos programas de áudio e vídeo, e já apareceu em milhares de programas de televisão e de rádio ao redor do mundo.

Seus livros “Manifeste seu Destino”, “Sabedoria das Idades”, “Há uma solução espiritual para todos os problemas”, e os best-sellers do New York Times  “10 Segredos para o Sucesso e Paz Interior”, “O poder da intenção”, “Inspiração”, “Mude seus pensamentos - mude sua vida”, viraram especiais na televisão pública dos EUA.

Nascido e criado em Detroit, Michigan, Estados Unidos, Dyer fez Doutorado em Aconselhamento Educacional pela Universidade Estadual de Wayne e atuou como professor associado na Universidade de St. John, em Nova York.

Através de seu trabalho no início do ensino universitário e da psicologia clínica, ele descobriu a necessidade de tornar os princípios da sua autodescoberta e crescimento pessoal à disposição de um público mais  vasto. Seu primeiro livro para os leitores em geral, “Suas Zonas Errôneas”, publicado em 1976, tornou-se um best-seller internacional e iniciou sua carreira como autor e palestrante.

Após a publicação de uma série de livros best-sellers sobre a psicologia prática do auto aperfeiçoamento, Dr. Dyer diz que sentiu uma mudança em seu pensamento que o levou a explorar os aspectos espirituais da experiência humana. "Meu objetivo é ajudar as pessoas a olhar para si mesmos e começar a mudar seus conceitos. Lembrem-se, nós não somos o nosso país, a nossa raça, ou religião. Somos espíritos eternos. Ver a nós mesmos como seres espirituais sem etiqueta é uma maneira de transformar o mundo e chegar a um lugar sagrado para toda a humanidade", diz ele.

Dr. Wayne Dyer é carinhosamente chamado de "pai da motivação" por seus fãs. Apesar de sua infância passada em orfanatos e lares adotivos, Dr. Dyer superou muitos obstáculos para tornar seus sonhos realidade. Hoje ele passa muito do seu tempo, mostrando aos outros como fazer o mesmo. Sua mensagem principal é que é possível para qualquer pessoa viver uma vida extraordinária. Além do mais, é possível para qualquer pessoa manifestar seus desejos mais profundos. Ser Supremo e honrar sua divindade interior e conscientemente optar por viver o seu melhor.

Quando não está viajando pelo mundo entregando suas palavras edificantes, Dr. Dyer está escrevendo a partir de sua casa em Maui - apreciando a beleza da natureza, seus mergulhos com as criaturas do mar, e as visitas felizes de seus filhos e netos.

Para saber mais sobre o autor acesse: http://www.drwaynedyer.com/



SOBRE O DVD - DVD MUDE OS SEUS PENSAMENTOS MUDE A SUA VIDA

O DVD destaca alertas espirituais que constituem uma base para encontrar uma forma de vida que garanta a abundância e o equilíbrio. Pela aplicação do Tao, é possível mudarmos os nossos pensamentos, e como, através da sua prática, pode conseguir mais harmonia e equilíbrio, base da prosperidade.

O Tao Te Ching, atribuído ao filósofo chinês Lao-tzu, foi chamado "o livro sábio alguma vez escrito" expresso em 81 pequenos versos, é uma obra de sabedoria que foi traduzida mais do que qualquer livro no mundo inteiro, à exceção da bíblia.

Características

Duração: 95 min
Língua: Inglês - legendado em português

O Vídeo pode ser acessado abaixo:






FILME: “THE SHIFT” DE WAYNE DYER SOBRE A BUSCA PELO SIGNIFICADO DA PRÓPRIA VIDA, NA ÍNTEGRA



Como podemos saber qual é o nossa missão, como mudar e criar a nossa vida, como ir além da ilusão e do ego e alcançarmos a nossa essência e sentir a verdadeira paz e felicidade.

Excelentes mensagens espirituais e muito inspiradoras do filme "The Shift", de Wayne Dyer.




sábado, 4 de abril de 2015

ENTENDA OS TRÊS CONCEITOS BÁSICOS DA FILOSOFIA DO YOGA


A maioria das pessoas pensa que praticar yoga é fazer posturas físicas complicadas e difíceis. Mas as posturas psicofísicas (asanas) são apenas um passo da Filosofia e Ética do Yoga.

A Bhagavad Gita, a escritura essencial do Yoga, um dos tesouros espirituais do mundo dá três definições do Yoga:

“Yoga é equilíbrio da mente”.
“Yoga é habilidade na ação”.
“Yoga é romper a união com a dor”.

Vamos contemplar um pouco cada uma dessas definições:

Equilíbrio da mente é Yoga

Primeira definição: “Equilíbrio da mente é Yoga”. Quando se desapega dos sentimentos e das ações negativas, das emoções descontroladas, das ilusões, você está se estabelecendo no Yoga. Está em um processo de reestruturação, criando um alicerce sólido, não permitindo que os acontecimentos externos afetem sua estabilidade interna.

Para alcançar esse equilíbrio é necessário desenvolver a perseverança, a constância, a determinação, paciência e estabilidade. Sem essas qualidades positivas não se consegue realização, nem a verdadeira felicidade.

Todas as suas ações devem ser verdadeiras e honestas. Para se alcançar o equilíbrio da mente é muito importante a vigilância sobre os pensamentos e a prática da meditação por um período prolongado. É preciso praticar com firmeza e constância, para estabilizar o que já se alcançou, e assim, suas conquistas internas se tornarão permanentes.

Yoga é a habilidade na ação

Segunda definição do Yoga: “Yoga é a habilidade na ação”. É a habilidade de agir com integridade e de se manter afastado das ações incorretas e más. Parar de apontar os defeitos alheios e de querer provar que é melhor que as outras pessoas. É libertar-se do orgulho e da competição. É desenvolver o altruísmo, fazendo as ações não apenas para si mesmo, mas pensando também no benefício dos outros.

É fazer o bem sem querer receber em troca o que fez. Parar de fazer cobranças e de querer mudar os outros. É lutar contra a própria escuridão e defeitos. É mudar a si mesmo, procurando desenvolver virtudes, mantendo o foco na luz do Ser interior.

Muitas pessoas desejam ajudar ao próximo, diminuir o sofrimento e a fome, desenvolver boas qualidades, aspiram pela paz mundial, mas não se esforçam o suficiente. Ficam apenas pensando e não se comprometem com essas ações.

É necessário motivação, aspiração e comprometimento no caminho do yoga, na busca da força e paz interior.

Yoga é romper a união com a dor

A terceira definição: “Yoga é romper a união com a dor. É divorciar-se da dor. Quando você se tornar estável no Yoga, pode cortar a dor pela raiz. Pode diminuir o sofrimento que é causado pela falta de dinheiro, por falta de amor, pela baixa auto-estima, pelas perdas.


Segundo as escrituras indianas existem três tipos de aflições:

1ª - É o sofrimento causado pelo corpo ou pela mente. É gerado internamente por doenças no corpo e desejos insatisfeitos da mente. É causado por hábitos errados na alimentação, vida indisciplinada e pelos vícios. É causado pela busca dos prazeres dos sentidos, que são gratificantes no início, mas se transformam em dor e doenças.
2ª- É a aflição causada pela natureza, pelos terremotos, enchentes, seca, clima muito frio ou muito quente. O sofrimento causado por insetos ou calamidades.
3ª- É o sofrimento causado pelos espíritos e energias negativas. (É bom purificar o ambiente colocando incenso, cantando e ouvindo mantras, pedindo paz a todos os seres. Manter a mente positiva também é muito importante para sintonizar com energias positivas).

O Yoga nos ensina que mesmo havendo sofrimento neste mundo, podemos ser felizes apesar de tudo. Através das práticas do Yoga, da meditação, do estudo da Filosofia e Ética do Yoga, do cultivo das virtudes, podemos nos libertar da dor.

Baba Muktananda, um grande Mestre iogue, ensinou que para aceitar o sofrimento com gratidão é necessário aprender uma nova linguagem. Ele disse: “Essa nova linguagem surge quando você sofre muito em sua vida. Aceitar o sofrimento é suportá-lo com coragem e firmeza; essa é a nova linguagem. É compreender que seu sofrimento é merecido, aceitá-lo alegremente e tolerá-lo com coragem”.

Não é achar que é um pecador e merece sofrer. É compreender que tem de passar por essa dor para purificar-se das impurezas que acumulou. É deixar de ser vítima. É ser um guerreiro, com fé e força para superar e aceitar sem revolta, aprendendo e cultivando qualidades divinas como paciência, humildade, aceitação, firmeza interior.

É praticar os ensinamentos do yoga para se divorciar da dor. É encarar a dor sem desânimo. É deixar a mente livre do desalento, da depressão, da ansiedade. É superar com esforço constante e resolução a turbulência da mente, a incerteza da ação e as três aflições.

Espero que você encontre esse guerreiro dentro de você. Tenha essa motivação e resolução de alcançar a tranquilidade da mente, a alegria e força interior. Fique em paz!

Texto:  Emilce Shrividya Starling
Fonte:  http://www2.uol.com.br/vyaestelar/conceitos_yoga.htm



sábado, 28 de março de 2015

VOCÊ ACREDITA EM MAU-OLHADO? VOU TE CONTAR A MINHA HISTÓRIA.


A história que agora eu vou contar remete a minha infância quando, ainda pequeno, eu ia visitar os meus avôs maternos. Lembro-me como se fosse hoje da primeira vez que vi o meu avô ajoelhado no chão da sala com as mãos juntas, rezando uma senhora que eu não conhecia. A cena não teria nada demais se não fossem os fortes bocejos que ele dava durante a oração, tal como fazemos quando estamos com muito sono. Esse gesto chamava a minha atenção e a dos meus primos e nos fazia sorrir; no entanto, de pronto, a nossa atitude era repreendida pelos nossos pais. Com o passar do tempo fui compreendendo do que se tratava: meu avô era uma espécie de rezador “tirador de olhado”. Ele era conhecido na cidade como “Seu Pedro Rezador”.

Vovô Pedro era dono de um grande carisma. Estava sempre disposto a ajudar ao próximo e tinha a felicidade estampada em seu rosto, com um sorriso largo e fácil em sua face; via graça em tudo! Muito católico e religioso, criou todos os seus 09 filhos dentro da doutrina cristã. Teve um início de vida difícil, marcado pela infância pobre. Ficou órfão de pai e mãe ainda menino, mesmo assim sempre se manteve alegre e feliz. Trabalhou como comerciante proprietário de uma mercearia e uma fábrica de bolo antes de se aposentar.

Quando cresci questionei o meu avô acerca de como ele tinha apreendido a oração que fazia, foi quando ele me contou a sua história. Ainda jovem, ele morava na cidade de Santa Rita-PB e frequentava a casa de uma senhora que o rezava de mau-olhado usando galhos de arruda. Assim que decidiu se mudar para a capital, João Pessoa, ele se dirigiu à casa desta benzedeira para contar-lhe dos seus planos de mudança, e avisar que por conta disso, demoraria a voltar, mas que retornaria sempre que possível. Diante disso, ela pediu para que o meu avô esperasse alguns minutos que ela faria uma oração em particular e que depois teria algo especial para comunicar. Ao acabar a sua reza ela revelou ao meu avô que tinha perguntado em sua oração se ele tinha o dom da cura, pois ela via nele uma pessoa pura e de alma bondosa, típico de quem possuía esse dom. Como a resposta deu positiva, ela disse que ele não precisaria mais voltar lá, que ela ensinaria a sua oração e a partir daquele dia ele mesmo podia se rezar e aos outros também. Assim, meu avô iniciou um trabalho muito bonito de cura e benção que durou até o final de sua vida. 

Com o passar do tempo, o seu dom de cura se espalhou pela cidade, deixando-o muito conhecido. Todos os dias ele atendia a diversos pedidos de oração, rezava por telefone ou pessoalmente quando as pessoas iam a sua casa. Tinha o maior prazer e amor em fazer esse trabalho que se tornou sua maior missão de vida, nunca tendo cobrado nada por isso. Nos finais de semana evitava até sair de casa, pois eram os dias em que recebia mais visitas em sua casa com pedidos de oração e aconselhamento. Às vezes vinham famílias inteiras para receber a sua benção, adultos, jovens, crianças e até recém-nascidos. Aproveitava esses momentos para catequizar os visitantes e contar as histórias da bíblia que tanto gostava.

A sua oração começava assim: primeiro ele pedia o primeiro nome da pessoa por quem faria a oração, em seguida iniciava “Deus de Abrão, Deus de Izac, Deus de Jacó, Meu Senhor Jesus Cristo, Meu Divino Espírito Santo, Abençoa meu pai eterno a “Fernando” (Dizia o nome da pessoa). Livrai “Fernando” do Mau-olhado, inveja, ambição, má vontade, olhos grandes, comida que ofendeu. Inflamação na cabeça, no baço, nos intestinos, diabete, estresse, estafa, prisão de ventre... (Dizia o nome de várias enfermidades). Finalizando com a seguinte frase: deixando “Fernando” livre são e salvo em nome das três pessoas realmente distintas que são Pai, Filho, Espírito Santo. Amém!

Se a pessoa na qual ele estivesse rezando tivesse com alguma das enfermidades citadas na oração, no momento em que ele citasse o nome da doença, ele sentia um soluço como forma de aviso. Era como se fosse um diagnóstico. Então ele terminava de abençoar a pessoa e pedia que ela fosse se consultar com um médico para se tratar daquela doença que acusou em sua oração, o que era confirmado posteriormente pelos médicos. Mas se a enfermidade da pessoa fosse mau-olhado ele mesmo resolvia. Ele dizia que durante a oração o mau-olhado que estava na pessoa doente passava para ele, então começava uma reza especial para curar o olhado em si mesmo. Conseguia até dizer se o olhado foi de homem ou de mulher, se pela frente ou pelas costas.

Para que o olhado saísse por completo tinha que conseguir rezar uma “Ave Maria” e um “Pai Nosso” inteiro sem bocejar. Dependendo do tamanho do olhado que a pessoa trazia consigo, ele bocejava sem parar. Às vezes o seu bocejo era tão alto e grande que ele se curvava para trás e permanecia alguns segundos com a respiração parada até voltar ao normal. Eu já o vi ficar em torno de 10 minutos bocejando direto sem parar ao rezar uma pessoa que estava com muito olhado. Se a pessoa tivesse muito carregada, ele pedia aos que estivessem ao seu redor que o ajudassem rezando também para auxiliá-lo.

A pessoa que estava com mau olhado e fosse rezado pelo meu avô sentia a melhora na hora, era impressionante. Os sintomas de alguém com olhado é o corpo mole, às vezes seguido de febre, enjoo, indisposição e dor de cabeça. Esses sintomas cessavam de imediato, como que em um passe de mágica! Ele dizia que as pessoas colocavam olhado nos outros muitas vezes sem querer, através de pensamentos de inveja ou de admiração, e se a pessoa estivesse fraca espiritualmente, aquela energia emanada naquele momento ficava na pessoa.  Ele já me curou de olhado várias vezes ao longo da minha vida. Eu presenciei casos reais de cura em membros da minha família e de desconhecidos. Algumas pessoas podem não acreditar, eu respeito, mas eu vivi e presenciei esses milagres da fé durante toda a minha vida até o seu falecimento aos 90 anos de idade.

Eu já cheguei a me questionar se essa cura se dava através do poder da sugestão. No entanto, como explicar meu avô receber um pedido de oração para rezar por uma pessoa que nem sabia que estava sendo rezada e na mesma hora a pessoa melhorava e só ficar sabendo depois que foi realizada uma oração de cura? Isso acontecia corriqueiramente. Dentre inúmeros casos que poderia contar, lembro-me de um particularmente. Havia uma jovem que fazia uma semana que estava deitada na cama doente e sem querer comer; a mãe dela ligou para o meu avô desesperada e ele fez a oração por telefone sem a jovem saber. Assim que a oração acabou, com a sua mãe ainda ao telefone conversando com meu avô, a jovem saltou da cama e foi até a sala dizer para a mãe que estava com fome e que queria comer, tendo se restabelecido totalmente. A mãe ficou impressionada! A minha tia me contou como o seu marido que até então era cético passou a acreditar na oração dele. Certa vez a sua filha adoeceu e precisou ser levada ao hospital com urgência, no caminho ela ligou para vovô rezá-la, como ele não estava em casa deixou um recado. Ao retornar do hospital seu marido atendeu a ligação do meu avô apreensivo dizendo que tinha recebido o recado e que na oração tinha dado que ela estava com um problema no sangue, sendo o mesmo diagnóstico que o médico tinha acabado de dar. A partir desse momento toda vez que ele se sentia mal ligava para o sogro.

Meu avô chegava a rezar em torno de 40 pessoas por dia, seja pessoalmente em sua casa ou por telefone. Recebia ligações de todo o Brasil e até mesmo do exterior em busca de orações. O que eu acho engraçado é que essa questão de tratar do  mau-olhado é muito comum no meio Espírita e no Candomblé. Mais ele nunca associou a esse tipo de religiosidade. Sempre teve o respeito e o apoio dos padres da igreja e da comunidade católica que frequentava. Então eu te digo, acredito piamente na existência desse tipo de energia por experiência própria.

Se você ficou curioso sobre o meu avô, coloquei a seguir um vídeo dele rezando a avó de uma amiga minha que tinha 102 anos, dá para ver o início da reza, pois a bateria do telefone que filmava acabou e não consegui registrar até o final.  

Texto: Luciano Medeiros
Autor do Site Mentalização: www.mentalizacao.com.br

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

EXPERIÊNCIA PRÁTICA SOBRE A FORÇA DO PENSAMENTO

66666
Rosa com rótulo de Amor e Gratidão à esquerda e Ódio e Rancor à direita. Foto após 108 horas do início do experimento
Através de uma experiência simples que você pode repetir em casa é possível comprovar a força do pensamento positivo.

Quantas vezes já não ouvimos dizerem que pensar positivo ajuda? Mas será que pensar positivo realmente pode atrair coisas, influenciar e ajudar a alcançar determinado resultado? Será que desejar mal ou bem a alguém pode transferir energia negativa ou positiva a essa pessoa? Acredite, pode sim, muito mais do que você, eu ou qualquer um poderia imaginar.
A inspiração
Há alguns meses tomei conhecimento sobre os estudos de Marasu Emoto. Este cientista japonês, autor do livro “ Mensagem oculta da água”, pesquisa o precioso líquido há mais de 20 anos. Entre suas inúmeras experiências, Emoto descobriu que o nosso pensamento consegue alterar a água em nível subatômico a ponto de influenciar na formação de cristais de gelo.
Seus experimentos não são fáceis de serem reproduzidos em casa. Utilizam um microscópico óptico que amplia a imagem 200x com uma moderna câmera fotográfica acoplada e câmaras frigorificas capazes de congelar e manter a água à temperatura de -15°C .  O trabalho de Emoto comprovou que rotular amostras de água com palavras positivas ou negativas interfere na formação de cristais de gelo.
Inspirados nos estudos de Emoto, comecei a fazer experiências com flores. Experimentos simples que você mesmo pode repetir em casa e comprovar como nossos pensamentos podem interferir no mundo a nossa volta.
A teoria
De maneira simples e direta, o que pensamos sai da nossa cabeça e é transmitido para o meio externo, interferindo nas coisas a nossa volta. Este fenômeno foi denominado por Emoto como Hado. Quanto mais emoção colocamos em um pensamento, mais energia transmitimos através dele.
7777
Preparação das rosas e dos copos com água tratada

Preparação das rosas

Vou até uma floricultura, seleciono rosas de mesmo tamanho e aparência, retiro as folhas e corto seus caules do mesmo tamanho.

Preparação dos copos 

Coloco 300 ml de água da torneira em pelo menos 3 copos iguais. Aplico rótulos de “amor e gratidão” em um deles. Em outro “Ódio e Rancor”, “Stress e Raiva” e demais pensamentos ou sentimentos negativos. Utilizo também como amostra reguladora, um copo com o rótulo em branco.

Energização

2 a 3 vezes por dia eu aproximo minha mão da amostra com as palavras “Amor e Gratidão” e sem tocá-las penso em amor e gratidão. Da mesma forma penso em ódio e rancor ou outros sentimentos negativos ao aproximar minha mão da amostra com essas palavras. Confesso que não é nada fácil cultivar pensamentos negativos diante de uma flor tão frágil e delicada.
88888
Preparação das rosas e dos copos com água tratada
A experiência com as flores está se tornando um livro a ser lançado ainda este ano e deixa uma enorme lição para todos nós. A de cuidar com muito carinho dos nossos pensamentos. Se alimentar pensamentos negativos podem deteriorar uma rosa em poucas horas, imagine o que podem fazer com a nossa saúde durante anos. Da mesma forma, cultivar uma visão mais positiva sobre a vida pode trazer mais felicidade e saúde a todos a nossa volta e a nós mesmos. Os resultados são impressionantes, veja as fotos. E você pode realizar este experimento em casa, sem a utilização de equipamentos científicos.
99999 
Foto 96 horas após início da experiência.
Obs: Estas fotos foram retiradas por uma câmera amadora de 5,1 megapixels com utilização de flash. Para que não ficassem pesadas, as fotos publicadas aqui foram convertidas em jpeg com 50% de qualidade. As fotos não receberam qualquer tratamento digital ou montagem.
Fonte: Escrito por Giovanni Mileo

terça-feira, 8 de julho de 2014

A EDITORA AGIR LANÇA NO BRASIL O MAIS NOVO LIVRO DE DEEPAK CHOPRA “DEUS - UMA HISTÓRIA DE REVELAÇÃO”.


No livro Deus – Uma História de Revelação, lançamento da Editora Agir, o médico  e pensador indiano Deepak Chopra analisa a evolução de Deus através da experiência de dez personalidades históricas, entre filósofos, poetas, místicos e mártires.

Deepak traça um retrato de um Deus em constante transformação, mostrando como nossas crenças também se transformaram ao longo dos séculos. 

“Pensei essa obra como uma meditação sobre Deus em nós a partir da experiência de pessoas que foram, de alguma forma, tocadas pelo divino.  As mensagens não são as mesmas mas há um padrão. Deus evoluiu? O que evoluiu, na verdade, foi o entendimento humano.  Quando a consciência evolui, também Deus evolui. Essa jornada nunca termina”, diz

Conhecido como um dos principais mestres da filosofia oriental no Ocidente, Deepak escreveu mais de 60 livros, incluindo Maomé: uma biografia do último profeta (Editora Agir), e possui mais de 20 títulos na lista dos mais vendidos do New York Times.

 Em seu novo livro ele faz um perfil fascinante de Deus e mostra como o divino é experimentado em diferentes religiões, como o cristianismo, o judaísmo, o hinduísmo e o islamismo. Cada capítulo conta a história do encontro de um personagem com a voz de Deus. Num esforço para entender melhor Deus e trazê-lo para mais perto de nós, o autor dá sua visão das mensagens recebidas por cada personalidade. Uma reflexão sobre o mistério da existência, a real natureza de Deus, o poder da fé e a busca pela consciência e o autoconhecimento. 

“A busca de Deus é uma busca interior. Se parece que há contradições nas mensagens sagradas recebidas pelas personalidades retratadas no livro, elas são, na verdade, fruto de nossas próprias limitações”, afirma.

Em suas palestras mundo afora Deepak Chopra costuma dizer que hoje a ciência é a “religião” que o homem usa para tentar entender a natureza e os mistérios da existência. Ao seguir os passos desses visionários, ele nos mostra que a sociedade moderna tem sido privada das revelações divinas, que dependem não de provas consistentes, mas de um caminho espiritual que resulta na conexão com Deus. Antes de nós, muitos ouviram a voz divina. Este livro prova que, sim, é possível ouvi-la ainda hoje. “Com o colapso da fé como herança comum, cada um de nós precisa empreender a busca interior de sua escolha”, resume.

Cada capítulo, um personagem:
1 – Jó, personagem do Antigo Testamento
2 - Sócrates (69 a.C.-399 a.C), filósofo
3 -  Apóstolo Paulo ou São Paulo (4 aC - 64 dC);
4 - Shankara (700-750), metafísico e monge indiano
5 - Rumi (1207-1273), poeta, jurista e teólogo sufi
6 - Juliana de Norwich (1342-1416), beata beneditina
7 - Giordano Bruno (1548-1600), teólogo, filósofo, escritor e frade dominicano
8 - Anne Hutchinson (1591-1643), pregadora inglesa, dissidente religiosa puritana, que viveu na era colonial inglesa da América do Norte
9 - Baal Shem Tov (1700-1760), rabino místico polonês, fundador do hassidismo
10 - Rabindraath Tagore  (1861-194), poeta, romancista, dramaturgo e música bengali, primeiro não europeu a ganhar o prêmio Nobel de Literatura em 1910


Sobre o autor:

Especialista em clínica geral e endocrinologia, Deepak Chopra é membro da American Association of Clinical Endocrinologists, professor adjunto de Programas Executivos do Kellogg School of Management da Universidade Northwester e ilustre acadêmico da Columbia Business School, da Universidade de Columbia.

Palestrante do evento anual Update in Internal Medicine, patrocinado pela Harvard Medical School e pela Beth Israel Deaconess Medical Center, é um fenômeno em todos os campos em que atua. Autor Best-Seller, Chopra tem mais de 20 milhões de livros vendidos em todo o mundo, são traduzidos em mais de 80 idiomas.

Fundador do The Chopra Center for Wellbeing em Carlsbad, na Califórnia, foi eleito uma das 100 personalidades mais influentes do século pelo Time Magazine. Deepak, que foi amigo pessoal de Michael Jackson, coleciona uma legião de fãs ilustres, como Lady Gaga, Gwyneth Paltrow, Madonna e Demi Moore, entre outras celebridades.


domingo, 16 de fevereiro de 2014

MICHAEL NEILL COACH E ESCRITOR AMERICANO LANÇA NO BRASIL SEU LIVRO BEST SELLER “A REVOLUÇÃO DO PENSAMENTO”.



O escritor americano Michel Neill acaba de lançar no Brasil pela Editora Agir o livro A Revolução do Pensamento – A única coisa que você precisa saber para mudar sua vida (Inside Out Revolution, título original em inglês).

No livro Neill explora e aprofunda os ensinamentos deixados pelo escritor e guru escocês Sidney Banks (1931 – 2009) que, muitos acreditam, ajudou a transformar a psicologia tradicional.

Segundo Banks, nossas experiências podem ser entendidas por meio de três princípios básicos: Mente, Consciência e Pensamento. Ou seja, tudo o que experimentamos está ligado a estes fatores: estamos vivos, somos conscientes e pensamos.

“A mente é a inteligência de todas as coisas”.

“A consciência o torna sabedor”.

“E o pensamento é como o leme de um barco. Ele o guia ao longo da vida e, se você aprender a usá-lo, poderá guiar seu próprio caminho de um modo bem melhor”.

Segundo Neill em algum ponto do caminho aprendemos a viver uma segunda vida em nossa cabeça. Quando percebemos que cada sentimento é apenas a sombra de um pensamento, paramos de nos assustar com eles e apenas os sentimos. Entendemos que a única coisa que temos a perder é a ilusão de que algo fora de nós pode nos fazer felizes, sãos e salvos.

O escritor propõe em seu livro uma nova maneira de pensar que já ajudou a transformar a vida de muitas pessoas. Através do que chama de “elevador da consciência”  ele nos convida a observar como o mundo muda quando o olhamos de diferentes ângulos.

O térreo seria a realidade objetiva, onde tudo o que vemos é tomado como verdade: nosso chefe é um saco, ninguém liga pra nós e a vida é bem mais fácil para os outros.  Seguindo este tipo de pensamento só conseguiremos mudar nossa vida se mudarmos as pessoas e o mundo.

Nos andares intermediários estaria a realidade subjetiva, quando percebemos que nossos pensamentos são interpretações da realidade.  “Nesse nível de compreensão, os acontecimentos até nos influenciam, mas seu impacto pode ser enfraquecido se mudarmos nossos pensamentos”.

Nos últimos andares, percebemos que a realidade é construída. Ou seja: “o mundo é aquilo que eu penso que ele é”.

Em resumo nós não vivenciamos o mundo e sim nosso pensamento sobre o mundo. Segundo o autor, é isso que devemos mudar.  “As pessoas pensam que a experiência chega até elas vinda de fora para dentro, mas na verdade vem de dentro para fora. Quando desistimos de tentar controlar nossa experiência, percebemos que estamos nos movendo sem esforço para níveis mais elevados de consciência”, afirma.

Sobre o autor

Michael Neill é pós-graduado em Letras pela Universidade de Cambridge e trabalha como professor de Inglês na Universidade de Auckland na Nova Zelândia. Atualmente, se divide profissionalmente entre a carreira de professor universitário, treinador internacional de coaches, além de escritor best-seller de inúmeros livros. Ele também apresenta um programa de rádio semanal nos Estados Unidos na HayHouseRadio.com fundação da prestigiada autora Louise Hay.

Atuou nos últimos 23 anos como coach, conselheiro e amigo de celebridades, presidentes e de pessoas que querem obter mais de si mesmas e de suas vidas. Autor de livros como You Can Have What You Want, Fell Happy Now e Supercoach.  Neil também fundou a Supercoach Academy, uma escola internacional que ensina as pessoas a olhar a vida de dentro para fora.

Os livros de Michael já foram traduzidos para 14 idiomas, e os seus discursos públicos, retiros e seminários têm tocado e transformado vidas nos Estados Unidos e em cinco continentes ao redor do mundo.

Para saber mais sobre o autor acesse o site: http://www.supercoach.com/

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

A HIPNOSE CONDICIONATIVA NA SAÚDE


A HIPNOSE NA SAÚDE

A Hipnose otimiza e maximiza os resultados em qualquer tratamento. Sua ação induz a um relaxamento que, sem a necessidade de transes a níveis profundos, tranquiliza e reeduca o ritmo orgânico, produz saúde e qualidade de vida.

Podemos dizer simplificadamente, que Saúde é o estado de harmonia entre mente, corpo e meio ambiente. O corpo humano, para realizar suas funções e responder aos estímulos vivenciais satisfatoriamente, mantém, naturalmente, um estado permanente de tensão. Contudo, quando essa tensão eleva-se, ocorre o estresse, quando não cuidado pode chegar à depressão, que impede o bom funcionamento do organismo, produzindo doenças, diminuindo a resistência imunológica, gerando desequilíbrio metabólico e acelerando o envelhecimento corpóreo.

HISTÓRICO

Nos achados da Antiguidade, encontra-se textos, com mais de 4.500 anos, que nos relata como os sacerdotes da Mesopotâmia, usavam o Transe - um estado diferenciado da consciência usual - para realizar diagnósticos objetivando curas. Podemos considerar esses registros como sendo os mais antigos documentos a citarem o transe em sua função terapêutica, um hábito comum as diversas culturas naturalistas.

No século XIX, ao pesquisar esse procedimento, o Dr. James Braid denominaria a esta ciência o nome de HIPNOSE. O nome escolhido advêm de Hypnos - deus grego do sono - e foi escolhido pelo Dr. Braid devido a semelhança do estado de transe com o estado de sonolência. Vemos assim, que desde seu surgimento, a Hipnose sempre esteve vinculada à busca da cura e é neste sentido que a ciência médica atual pesquisa não só a extensão que se pode obter com o seu emprego, como também as respostas de como e porque o cérebro processa o estado hipnótico.

O TERMO HIPNOSE

O termo Hipnose abrange qualquer procedimento que venha causar, por meio de sugestões, induções ou condicionamentos, mudanças no estado físico e mental, podendo produzir alterações na percepção, nas sensações, no comportamento, nos sentimentos, nos pensamento e na memória, inclusive desencadeando reações neurológicas, endócrinas e metabólicas.

A HIPNOSE CIENTÍFICA POSSUI TRÊS LINHAS DE ATUAÇÃO TERAPÊUTICA:CLÁSSICA – ERICKSONIANA E CONDICIONATIVA.

Há mais de um século, acreditava-se que para resolver um trauma, havia necessidade de revivenciá-lo, a pessoa deveria passar novamente pelo abalo emocional, tomando consciência da causa do problema. Para chegar até a "causa" do trauma, via hipnose, seria necessário todo um processo de investigação de memória, estas técnicas ficaram mundialmente conhecidas como "hipnose de regressão ou clássica". Na hipnose clássica o paciente fica totalmente exposto ao terapeuta (sofrologia), onde existem possibilidades de aflorar traumas, neste tipo de terapia é necessário que as pessoas falem e relatem situações durante o estado de transe, informações estas necessárias para condução do processo terapêutico, em média apenas 20% das pessoas conseguem atingir este estágio.

Em 1927 o médico americano Milton Erickson revela ao mundo sua descoberta: por meio de metáforas e sugestões é possível tratar além dos traumas, inúmeras outras doenças e problemas comportamentais, ampliando o campo de atuação da hipnose cientifica, com a diminuição do tempo de tratamento, com relação à hipnose clássica, sem necessidade de investigação. Para esse tipo de terapia funcionar é necessário que o paciente/cliente esteja susceptível, em média 50% das pessoas conseguem resultados satisfatórios, esta técnica ficou conhecida como Hipnose Ericksoniana, atualmente todos os Direitos de propriedade intelectual das técnicas de Milton Erickson encontram-se resguardadas. Os cursos de formação nesta linha só podem ser realizados com autorização do Instituto Milton Erickson dos Estados Unidos.

A Hipnose Condicionativa (Registro de Propriedade Intelectual - Direitos Autorais - IGAC-MC: 4396/2006 para 163 países, entre eles o Brasil), descoberta na década de 80 pelo psicoterapeuta brasileiro Luiz Carlos Crozera, natural da cidade de Jaú, interior do Estado de São Paulo, que após anos de pesquisas e aprimoramento consagrou-se como autor das técnicas de CONDICIONAMENTO MENTAL, a mais nova linha da hipnose clínica, onde emprega o bloqueio direto do emocional negativo, sem necessidade de investigar a vida de uma pessoa (rastreando a memória do momento presente até o período de gestação). Esta técnica possibilita tratar todos os tipos de medos, traumas, fobias, síndromes e abalos emocionais; para cada ano de vida são gastos 45 segundos, durante o processo de bloqueio do emocional negativo. Na Hipnose Condicionativa não são trabalhadas sugestões, nem metáforas, comumente usadas nas técnicas da hipnose ericksoniana. Emprega-se mecanismo de condições diretas para a mente humana, na forma de ordem e comandos.

Na HC o paciente fica passivo, não fala com o terapeuta durante a sessão, esta linha da hipnologia também adota mecanismos com gatilhos condicionados aos sentidos de percepção e comportamento, voltados ao meio e ao metabolismo que são implantados na mente do paciente, esta técnica também emprega terapia de energização, projeção/progressão mental, resignificação, ativação do relógio biológico, entre outras. Abrevia o resultado terapêutico em qualquer patologia, elevando a autoestima (fator primordial para imunologia orgânica), equilibra o centro emocional, reduz a ansiedade em situações adversas (fator que desencadeia o estresse, a depressão, hipertensão, insônia, diabete emocional, desestabilização metabólica do organismo, descontrole do centro emocional, lapsos de memória, entro outros).

A Hipnose Condicionativa não é uma junção ou fusão de técnicas, mas sim uma nova linha da hipnologia, projetando a verdadeira “saúde”, indo até a causa dos problemas, onde nenhum componente químico pode entrar – “na mente humana”. Adota-se o método subliminar para levar uma pessoa ao sono terapêutico (estado de transe), onde o sensor crítico (racional) é afastado durante o relaxamento, criando o estado alterado de consciência, a mente passa não analisar, nem criticar as informações que são recebidas mediante a voz do terapeuta, na HC a pessoa não pensa nem imagina nada durante a sessão. Quando uma pessoa, em estado de transe ou sono terapêutico, é levada a pensar e imaginar, não se trata de hipnose (estado alterado de consciência), são técnicas e mecanismos de sugestão apenas, para se conseguir resultados positivos, com sugestões, as pessoas induzidas deverão estar suscetíveis. A HC tem contribuído para melhoria da qualidade de vida, atuando também na saúde preventiva e coadjuvante à medicina convencional, estima-se que 2.000 pessoas são atendidas por dia com as técnicas de Condicionamento Mental.

INDICAÇÕES DA HIPNOSE CONDICIONATIVA

Inúmeras são as indicações, dentre elas podemos citar algumas das mais utilizadas: Ansiedade, depressão e a síndrome do pânico, vários distúrbios e transtornos provocados ou acentuados pelo estresse e um desequilíbrio emocional; nos distúrbios psicossomáticos, onde um fundo emocional pode ocasionar uma gastrite, asma, processos alérgicos, enxaqueca e vaginismo; no apoio ao tratamento do câncer, da AIDS; nos processos dolorosos, principalmente nas dores crônicas; na cardiologia no controle da hipertensão e outras cardiopatias; na ginecologia, na obstetrícia, o parto sem dor com um acompanhamento pré-natal com sessões de hipnose. No preparo de pacientes com indicação cirúrgica, tanto no aspecto emocional como na potencialização da recuperação. Na odontologia como apoio nos tratamentos de pessoas com fobias, traumas; nos problemas relacionados a dores e disfunções da mastigação, bruxismo. Na motivação e aumento da força de vontade; como apoio no alcoolismo, tabagismo e dependências químicas de forma geral. Na ajuda ao controle de peso. Na obesidade, impotência sexual, ausência de orgasmo, ejaculação precoce. Na preparação de estudantes aos vestibulares e concursos, melhora no desempenho geral de atletas, e muitas outras aplicações. Sua utilização vem se expandindo a um número cada vez maior de profissionais e especialidades, onde os avanços nos conhecimentos aumentam a segurança e eficiência de sua aplicação, como forma terapêutica de apoio, dentro de uma filosofia moderna de tratamento multidisciplinar.

DADOS COMPARATIVOS:

Enquanto os métodos convencionais de psicologia demoram de dois a cinco anos para tratar uma pessoa portadora de depressão crônica, as técnicas de Hipnose Clássica gastam em média um ano, na Hipnose Ericksoniana de seis a oito meses e, na Hipnose Condicionativa, seja qual for o estado depressivo, são utilizadas de duas até cinco sessões.

Estima-se que só no segundo semestre de 2012, cerca de 75.000 pessoas foram atendidas mensalmente, com a Hipnose Condicionativa, o Instituto Brasileiro de Hipnologia, única instituição credenciada para ministrar os cursos de Hipnose Condicionativa vem formando hipnólogos desde 2005, atualmente são cerca de 4.000 pessoas atuando com as técnicas, em todo Brasil e também na França, Espanha, Portugal, Suíça, Inglaterra, Itália, Angola, Índia e EUA.

"A mente humana não é física, os registros mentais nela contidos são apenas e simplesmente energia, que combinadas em frequências vibracionais, geram os sentimentos, emoções, pensamentos, atitudes, etc. Culminando em estímulos e ações fisiológicas, metabólicas, de mobilidade e comportamento", Luiz Carlos Crozera.

HIPNOSE CONDICIONATIVA NOS DESPORTES

Em qualquer modalidade esportiva ou atividade física, desde uma simples caminhada, os condicionamentos mentais são fundamentais para disparar e controlar, ao mesmo tempo, uma série de mecanismos que fluem do nível mental. Quando uma pessoa decide passar por sessão de hipnoterapia condicionativa, o terapeuta buscará trabalhar os seguintes pontos: bloqueio do emocional negativo (traumas), força de vontade, timidez, motivação geral, controle da ansiedade, aumento da concentração e atenção, reflexo, força física, superação, desempenho, agilidade, destreza, velocidade, disciplina, autoconfiança e autoestima.

A Hipnose Condicionativa pode ser a maior aliada para o bom desempenho de atletas profissionais, até mesmo dos desportistas amadores, de qualquer idade ou classe social, inclusive deficientes físicos. Cria-se mecanismos para potencializar e maximizar resultados, assim como proporciona melhoras no desempenho físico e mental de qualquer pessoa. De maneira geral, pessoas bem preparadas pela Hipnose Condicionativa, observa-se uma visível melhora de desempenho, ficam muito motivadas aos aperfeiçoamentos, mais participativas e dedicadas nos treinos e competições.

É bastante comum observar que atletas muitíssimo bem preparados, no momento de desempenharem seus papeis, acabam numa grande decepção, isso se deve a elevação dos níveis de ansiedade no momento de uma competição ou prova. A ansiedade é a mola propulsora para inúmeros distúrbios, como:  insônia, indisposição, timidez, estresse, fadiga, cansaço, dores, desvio ou falta de concentração e atenção, medos, inseguranças, etc. que podem interferir diretamente na performance do competidor, impedindo chegar aos seus objetivos. Por outro lado, um dos fatores agravantes é a pressão psicológica que o atleta acaba sofrendo, antes, durante e até mesmo após uma competição, essa pressão pode vir da família, da assistência, do técnico ou treinador, da imprensa, da opinião pública, etc.; esses fatores geram estresse intenso, interferindo diretamente na forma de atuação. Qualquer que seja o caso, a Hipnose Condicionativa ajuda o atleta lidar com as pressões psicológicas nas mais diversas situações, assim como controlar os níveis de ansiedade, em consequência uma maior tranquilidade para que o atleta consiga dar o máximo de sua capacitação, o segredo está no equilíbrio ou estabilização do centro emocional que dará uma resposta fisiológica e psicológica satisfatória para alcançando melhor desempenho.

Na Rússia, antiga União Soviética, existe uma tradição centenária da aplicação da hipnose em atletas, assim como foi utilizada em soldados nas guerras mundiais, os EUA pesquisam e mostram a eficácia da hipnose em atletas, de forma comparativa. No Brasil a aplicação da hipnose no campo esportivo está apenas iniciando, com uma grande vantagem, o Brasil é o berço da mais nova linha científica de hipnose clínica mundial, batizada como Hipnose Condicionativa (1983), sendo a linha Clássica criada no século XVII e a Ericksoniana em 1927. As técnicas de condicionamentos mental, aplicada em hipnoterapia, funcionam como principal instrumento no desenvolvimento e desempenho do potencial humano, atua também como coadjuvante e/ou complementar, torna qualquer tipo de tratamento mais breve e seguro. Nosso organismo e todo comportamento respondem diretamente aos comandos da mente, a partir dos pensamentos e sentimentos, desta forma é possível afirmar, com muita tranquilidade, que um atleta quando passa por sessão de hipnoterapia  condicionativa se sentirá muito melhor preparado e capacitado.

Para mais informações acesse: www.institutohipnologia.com.br

Atendimento de Hipnose Condicionativa em João Pessoa (83) 9992-9900 Luciano Medeiros.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

III SIMPÓSIO DE SAÚDE QUÂNTICA E QUALIDADE DE VIDA




O III Simpósio de Saúde Quântica e Qualidade de Vida acontecerá na cidade de São Paulo - SP, no Centro de Convenções Anhembi, nos dias 13, 14 e 15 de setembro de 2013.

Após o sucesso do I e II Simpósio de Saúde Quântica e Qualidade de Vida que aconteceram em 2009 e 2011 na cidade de Recife, com a presença de 900 e 1500 participantes respectivamente, a cidade de São Paulo sediará a terceira edição desse grande evento que tem como intuito propagar um novo paradigma na saúde capaz de contemplar o ser humano em todas as suas dimensões: material, mental, emocional e espiritual.

De fato, a humanidade vive o seu apogeu de desenvolvimento tecnológico e científico. No entanto, as estatísticas relativas ao crescimento das doenças crônicas são assustadoras para os próximos anos. A humanidade clama com urgência por um novo modelo biomédico que transcenda os aspectos materiais e sintomáticos das doenças e possibilite reconhecer as suas causas para que possamos suprimi-las definitivamente com investimentos menores e com o menor sofrimento.

Cientistas de várias partes do mundo com trabalhos respeitáveis e com reconhecimento internacional estarão em São Paulo em 2013 trazendo as evidências de um novo paradigma científico.

Amit Goswami, Masaru Emoto, Lair Ribeiro, Gabriel Cousens, Raul Marino Jr, Alberto Peribanez, Jonh Veltheim, Irvênia Prada, Laércio Fonseca, Philippe Bobola, Fernando Bignardi, Robert Happé, Uma Krishnamurty, Wallace Liimaa, Romeu Carillo, Francisco Di Biasi, Julian Barnard, Peggy Phoenix Dubro e Adalberto Barreto são nomes confirmados.

O trem da história passará pela cidade de São Paulo, que num certo sentido, irá parar para ver, sentir e contemplar esse acontecimento histórico.

Paralelamente ao Simpósio, estará acontecendo no Anhembi a III EXPOQUANTUM – Feira de Saúde Quântica, Qualidade de Vida e Tecnologias Sustentáveis, que trará as inovações tecnológicas que respaldam os novos conhecimentos científicos.

Para mais informações acesse: http://www.simposiosaudequantica.com.br/pt/


quinta-feira, 20 de junho de 2013

ARNOLD SCHWARZENEGGER RELATA EM VÍDEO COMO UTILIZOU O PODER DA SUA MENTE PARA CONQUISTAR O SUCESSO



Arnold Schwarzenegger contou um pouco da sua trajetória de sucesso em um vídeo onde aborda os três momentos importantes de sua carreira e a sua crença no poder da mente. O início como fisiculturista quando conquistou importantes prêmios nesse esporte, depois como ator de filmes mundialmente consagrado, até se tornar governador do estado da Califórnia nos Estados Unidos.

Logo cedo, quando ainda praticante do fisiculturismo, que é um esporte praticado por aqueles que buscam, por meio da musculação, a melhor forma muscular, ele entendeu que a única forma de se sobressair perante os outros seria utilizando o seu poder mental. Para isso, passou a estabelecer objetivos bem definidos em sua mente, e a praticar constantemente a visualização, até o ponto de acreditar na realização de seus desejos. Ele ensina que “a visualização do que se quer alcançar cria a vontade de todos os dias você trabalhar em prol dos seus objetivos, e de ir além”. “Ela te motiva e faz a diferença para você agir cheio de alegria, ansiando para fazer mais e mais, quebrando todas as barreiras”. Com o suporte dessas práticas mentais ele conseguiu se destacar e conquistar aos 18 anos o título de Mister Universo e vencer o concurso Mr. Olympia um total de sete vezes, tornando-se uma das figuras mais importantes da história do fisiculturismo.


A sua crença do poder da mente parece estar alinhada com os ensinamentos que o autor Joseph Murphy traz em seu livro “O Poder do Subconsciente”, onde afirma que “a maneira habitual de pensar e formar imagens mentais modela, configura e cria seu destino. Assim como o homem pensa em sua mente subconsciente, assim ele é”.

Outro aspecto importante de sua personalidade é que ele não tinha medo do fracasso, pois sabia que no meio do caminho iria falhar, pois “todas as pessoas do mundo um dia experimenta o fracasso”. Para ele a única maneira de alguém descobrir o sucesso é estando disposto a fracassar, “se você tem medo de fracassar, nunca irá crescer”. “As pessoas que mais crescem são as que realmente não se importam de correr esse risco”. O autor Joseph Murphy também compartilha dessa visão em seu livro, para ele “gente desse tipo não vai longe na vida, pois o medo de dar um passo à frente faz com que fiquem onde estão”.



Arnold Schwarzenegger utilizou todo o seu empenho e dedicação aprendido no tempo de atleta para se dedicar a carreira de ator. Sempre utilizando a sua força de vontade e o poder da imaginação que aprendera no esporte. Sua determinação o ajudou a superar a negatividade dos que o cercavam, que constantemente apontavam as suas fragilidades nessa nova profissão e diziam “não, você nunca conseguirá”. Contudo para ele não importava o que os outros diziam, ou no que acreditavam, pois sabia que o princípio de se imaginar um sucesso, iria ajuda-lo a realizar sua visão. Ele rejeitou veementemente as sugestões negativas dos outros, que poderia lhe trazer como resultado o fracasso e sofrimento, através da disciplina e controle mental. Ao final tudo aconteceu de acordo com a sua imaginação, ele ganhou fama internacional, tornando-se um ícone de filmes de ação de Hollywood. E quando entrou para a política conseguiu se eleger governador do estado da Califórnia nos Estados Unidos. Ele se tornou um exemplo de superação.

Sabemos que muitas pessoas vivem fechadas para seu potencial. Mas tudo o que precisam fazer é despertar o poder milagroso que existe em sua mente e aplica-lo em todas as esferas da vida assim como fez Arnold Schwarzenegger. Se começar agora a reconhecer as potencialidades de sua mente mais profunda, elas se materializarão no mundo exterior.

A seguir compartilho o vídeo com vocês.
Luciano Medeiros. Autor do site Mentalização.