Áudio O Poder das Afirmações Positivas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

SABEDORIA NA GESTÃO DE PESSOAS COM O LAMA PADMA SAMTEN


Somos todos capazes de fazer brotar um ambiente no qual as pessoas ajam naturalmente de forma positiva. Mas como desenvolver essa habilidade? Como colocar isso em prática na vida e obter resultados em múltiplas direções?

É isso que o Lama Padma Samten nos ensina em cinco vídeos breves filmados e editados pelo Portal Nós da Comunicação. Ao lado do escritor Robson Santarém, o Lama conduziu a palestra “O que levamos da nova inteligência?”, no 35° Congresso Estadual de Recursos Humanos, realizado entre os dia 3 e 5 de junho, no Rio de Janeiro [...]

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

EDUCAÇÃO PARA A PAZ



"A guerra nasce no espírito do Homem, logo é no seu espírito que devem ser erguidas as defesas da Paz". (UNESCO)

Educar para a paz assume um caráter de urgência nesta época conturbada. Nos últimos anos, milhares de pesquisas têm sido realizadas no mundo visando a descobrir quais os verdadeiros fatores desencadeadores da agressividade, da violência e das guerras.

Existem inúmeras teses a respeito. Cada uma delas tende a imprimir uma orientação diferente no que se refere à educação para a Paz.

O presente artigo pretende tão-somente oferecer uma visão panorâmica a respeito do assunto, e também delinear um plano geral que pode servir de base para se construir um programa de educação holística para a Paz.

Este plano leva em consideração, justamente por ser holístico, as principais teses a que nos referimos.

Neste fim de século, o anseio pela Paz assume um caráter essencial de salvação da vida no nosso planeta. Pelas suas características tecnológicas, as guerras modernas afetam e atingem, de uma maneira ou outra, a Humanidade toda, mesmo quando localizadas numa região só [...]

terça-feira, 17 de agosto de 2010

O SIGNIFICADO DA PALAVRA HOLÍSTICA


Holística é um termo que vem do grego “holos” = igual ao todo, mais que se inspira também da palavra inglesa “wholy” = igual ao sagrado, santo. Holística é, por conseguinte um termo que ao mesmo tempo indica uma tendência ao ver o todo além das partes, ele considera  esse todo como santo e sagrado.
A palavra holística nestes últimos 20 anos tem penetrado progressivamente no âmbito da filosofia, da teologia, da educação, da ecologia, da economia, e demais domínios do conhecimento humano. Ela representa na realidade todo um movimento de mudança de sentido, não somente da ciência mais ainda de todo conhecimento humano. Uma nova visão, chamada visão holística do real tem surgido sob influência das descobertas da Física Quântica e da Psicologia Transpessoal.
A Física Quântica, de um lado tem mostrado que a nossa percepção de uma realidade concreta de objeto percebido por um sujeito é uma ilusão e que em última instância, depois da fórmula da relatividade de Einstein, matéria é energia [...]

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

MÉDICO INDIANO DEEPAK CHOPRA ENSINA TÉCNICAS PARA UMA BOA NOITE DE SONO


Afastar a insônia passa pela sutileza de perceber cada um de nossos cinco sentidos. Esses são alguns dos ensinamentos ditados aqui por Deepak Chopra,médico indiano que prega o respeito à natureza e ás nossas sensações para banir os ruídos internos e ter uma noite de sono tranquila. 

Seguir o ciclo da natureza. Essa é a receita do médico indiano Deepak Chopra em seu livro Uma Boa Noite de Sono (ed. Sextante). “Quando seus ritmos fisiológicos se sintonizam com a natureza – o movimento da Terra, do Sol, da Lua e das estrelas, o ciclo das estações do ano e as marés –, o sono vem sem esforço”, diz ele em sua obra, lançada em junho no Brasil.

Chopra é um dos divulgadores, no Ocidente, da medicina aiurvédica, que segue os preceitos de saúde da filosofia indiana. Sua lição para dormir bem parece fácil, mas na prática seguir o ritmo do Sol e da Lua não é tão simples. Mas, mesmo para essas eventuais dificuldades, Deepak Chopra tem alguma resposta sábia, que passa por nossos instintos mais primitivos: tato, audição, olfato, visão e paladar. “Tudo o que você toca, prova, vê, cheira e ouve é metabolizado em seu corpo físico, mental e emocional”, acredita ele.

Entre os principais vilões de uma noite maldormida estão o excesso de estresse, ansiedade, depressão. Um estudo feito pelo Instituto do Sono, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 1987, 1995 e repetido este ano, apontou que 81% dos paulistanos têm queixas de sono. Desses, 35% sofrem de insônia. “Os dados brasileiros coincidem com os internacionais em relação à insônia. Sabe-se também que 10% das pessoas desenvolvem o problema crônico”, conta Lia Bittencourt, médica do instituto e coordenadora do estudo. As pesquisas mostram, ainda, que as mulheres são as que mais sofrem com as noites maldormidas causadas pela insônia – os homens têm queixas de ronco, na maior parte das vezes. As explicações para isso estão relacionadas com a predisposição genética – existem famílias inteiras de insones – por elas terem maior tendência à depressão e à ansiedade e pelo vaie-vem hormonal. Na menopausa, por exemplo, a redução do hormônio feminino progesterona afeta a qualidade do sono.



FOGO INTERNO

Ter uma boa noite de sono acaba revigorando e rejuvenesce o corpo e a mente. É nessas horas que relaxamos, deixamos a tensão de lado e damos um tempo para que o organismo trabalhe com calma. “Se ao acordar você não estiver relaxado, é porque não chegou à fase de sono profundo”, afirma José Knoplich, reumatologista e especialista em higiene do sono.

É nesse período que uma série de processos importantes acontece: uma arrumação interna na qual a memória e tudo o que foi visto e aprendido durante o dia é organizado e um conjunto de hormônios é liberado para manter o humor em alta. A medicina aiurvédica vai além e estabelece horários para as funções biológicas: das 22 às 2 horas acontece a regeneração do corpo, e das 2 às 6 horas da manhã, a dos neurônios. “É por isso que quem trabalha à noite envelhece mais rápido”, acredita Márcia De Luca, formada pelo Centro de Bem-Estar Chopra e fundadora do Ciyma – Centro Integrado de Yoga, Meditação e Ayurveda.

Para a medicina indiana, a hora de ir para a cama não deve ultrapassar as 22 horas porque é a partir daí que começa o horário pitta, que se estende até as 2 da madrugada. Assim como existem em nós características ditadas pelos tipos pitta, kapha e vata (relacionados ao biotipo de cada um), o passar do dia também sofre influência disso. O simbolismo é que, nesse período de horas, o elemento predominante é o fogo, em detrimento da água. “Pitta acelera o metabolismo e quem já tem problemas para dormir pode ter maior dificuldade para cair no sono depois das 22 horas”, esclarece Márcia De Luca. Uma boa dica para evitar o excesso do elemento fogo nesse horário e a conseqüente insônia é fazer uma refeição leve, no mínimo duas horas antes de ir para a cama. “Nada de comer sólidos depois do pôr-do-sol. O ideal é optar por sopas”, diz Márcia.

Cada instrumento é confeccionado especialmente pelo xamã.O couro, a madeira, as penas usadas como enfeites, tudo é escolhido segundo a intuição e consagrado em rituais e preces, conta Vânia Corveloni.O resultado é sempre único, inclusive em termos de sonoridade.“Às vezes, faço dois tambores do mesmo tamanho e material, e os timbres resultam completamente diferentes”, afirma.

Nos rituais, os xamãs batem o tambor não apenas com a baqueta mas também com o maracá, outro instrumento com funções mágicas. “Além de afastar a negatividade, o som do chocalho reúne pedacinhos de nossa alma que ficam perdidos no dia-a-dia, em meio a mágoas, traumas e doenças”, diz a terapeuta.

A prática da ioga é bem-vinda na visão de Deepak Chopra para ajudar no combate à insônia. Só que a atividade, aconselha ele, deve ser feita até o início do anoitecer e não antes de deitar. O mesmo vale para a meditação. Algumas pessoas experimentam um efeito profundamente relaxante após meditar. Outras conseguem aquietar os pensamentos, mas ficam com a mente em alerta, o que prejudica os estágios mais profundos do sono. Para quem já tem dificuldade para dormir, o indicado, de acordo com o médico indiano, é não deixar que o horário de meditação ultrapasse o pôr-do-sol.

Adaptar o corpo à cronologia da natureza, afinal, demanda persistência e organização. E estabelecer rituais antes de ir para a cama ajuda bastante. É um jeito de cada um desacelerar e reduzir os ruídos internos – pensamentos, ansiedades, energias acumuladas ao longo do dia. Vale manter o quarto confortável e aconchegante para que o sono chegue sem sobressaltos. Isso inclui diminuir a luminosidade do ambiente, ouvir uma música relaxante, vestir um pijama bem fofo e quente e evitar a TV ou comer guloseimas calóricas antes de cair no sono. “O segredo para manter as energias é não estimular excessivamente os sentidos”, diz Chopra, que garante, em seu livro, ter ótimas noites de sono.

VISÃO – Aqui vale: quanto menos luz, melhor. Dormir à noite é típico do ser humano. Sabe-se, por exemplo, que em países menos ensolarados, dorme-se mais tempo. A média é de seis a oito horas por noite. Quando os raios do Sol se vão, os estímulos para os olhos reduzem e o corpo, então, pede naturalmente o descanso. Uma máscara para dormir com ervas relaxantes ajuda.

AUDIÇÃO – Deepak Chopra ensina um mantra para ser recitado, repetidas vezes, ao deitar. As palavras “agasthi sharina” levam a um relaxamento profundo e aquietam, em especial, os ruídos internos.

PALADAR – A medicina aiurvédica tem uma receita infalível que esquenta o corpo e traz a sensação de acolhimento. A fórmula é simples: um copo de leite morno, com uma pitada de noz-moscada, açafrão e mcardamomo. O ingrediente especial é a noz-moscada, que induz ao sono. Vale adoçar com um pouco de mel.

OLFATO – A lavanda tem o poder especial para deixar as tensões do corpo de lado. O óleo essencial aplicado sobre a pele ou em forma de ervas, colocadas próximas ao travesseiro, melhora a qualidade do sono. A idéia aqui é fazer uma delicada almofada recheada de lavanda.

TATO – Sem o Sol à vista, a Lua manda no tempo. Isso faz, entre outras coisas, o calor ser menos intenso. E a temperatura tem uma relação direta com a qualidade do sono. Quanto mais frio, mais nos aquecemos e mais confortável se torna o ritual de ir para a cama. Vale vestir pijamas de textura macia e se aquecer com mantas quentes.

O QUE PREJUDICA O SONO: ronco, bruxismo (rangir de dentes), síndrome das pernas inquietas (movimento constante) e câimbras. São dados do Instituto do Sono, da Universidade Federal de São Paulo.

SONHAR É TUDO: pesadelos provocam sobressaltos, mas os sonhos bons têm o efeito inverso.“ É uma manifestação do sono REM, em que ocorre o relaxamento muscular profundo”, diz a médica Lia Bittencourt.

DORMIR NO FRIO É BOM: uma pesquisa feita pelo departamento de psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo mostrou que nos dias frios acontece o aumento específico do sono de ondas lentas – o sono que descansa.

DE OLHO NO COLCHÃO: isso se resume em ter ou não dores nas costas e, conseqüentemente, uma noite de sono melhor ou pior. Os de espuma seguem alguns padrões de qualidade, que ditam o tipo exato para problemas na coluna. Duram no máximo cinco anos. Passou disso, é bom trocar. Os de mola ainda não têm um padrão específico. Resistem dez anos, em média. Quem sofre com dor nas costas deve checar com o médico se as molas podem agravar o problema. A dica é do médico José Knoplich, da Sociedade Brasileira do Conforto ao Dormir.

CHÁS QUE FAZEM DORMIR: alguns chás melhoram o sono. É o que diz o médico Alex Botsaris, autor do livro Medicina Complementar – Vantagens e Questionamentos sobre as Terapias Não- Convencionais (ed. Nova Era). Entre as ervas para dormir estão:

CAMOMILA: possui o flavonóide apigenina e um componente do óleo essencial, o bisabolol, de discreta ação sedativa. Prefira o tipo orgânico, com odor ativo. A maior parte das ervas, encontradas em mercados, já teve o óleo essencial extraído e seu efeito fica muito reduzido.

PASSIFLORA E MARACUJÁ: têm flavonóides com ação sedativa. Use as folhas secas.

MELISSA E ERVA-CIDREIRA: ervas ricas em óleos essenciais. Estudos mostram que ajudam a relaxar e trazem um sono gostoso.

IOGA: relatório do departamento de medicina do sono da Universidade de Harvard mostrou que a ioga, se praticada regularmente, ajuda a dormir melhor.A pesquisa foi feita entre pessoas com insônia crônica e que, após oito semanas de aulas, tiveram melhora na qualidade do sono.

SILÊNCIO NECESSÁRIO: uma conversa ou o barulho do liquidificador são suficientes para acordar alguém. Os ruídos externos atrapalham o cérebro em seu funcionamento noturno. Assim fica difícil atingir o grau mais profundo de sono.

TEXTO: ANA HOLANDA
REPORTAGEM FOTOGRÁFICA: CAMILE COMANDINI
FOTOS: ROGÉRIO VOLTAN

Fonte: http://bonsfluidos.abril.com.br/livre/edicoes/0087/10/10.shtml

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

PENSE REPETIDAMENTE E MATERIALIZE O QUE DESEJA



Pensamentos geram sentimentos, que geram palavras e, consequentemente, atitudes.

Embora você não seja somente os seus pensamentos, eles têm uma influência sobre sua vida muito maior do que você possa imaginar. Você pode mudar o seu dia mudando a qualidade de seus pensamentos.

Quanto aos pensamentos negativos, não dá para eliminá-los completamente, mas você poderá diminuir o impacto devastador que eles trazem à sua vida. Para tanto, é necessário que você cultive os positivos e elevados. Enquanto presta atenção no que está pensando, já tem maior autocontrole sobre a energia mental e, consequentemente, sobre o seu dia.

Imagine-se com um rádio que, toda manhã, ao acordar, você liga e escolhe em que estação você quer se sintonizar. Pode escolher captar as mesmas ondas daqueles que estão depressivos, tristes e pessimistas, como você pode escolher captar as mesmas ondas das pessoas bem-sucedidas, felizes e realizadas.

Pois é exatamente assim que acontece: todos nós, moradores do planeta Terra, estamos constantemente emitindo e captando as energias que ficam no ar, que movimentam o universo.

Desta forma, é nossa responsabilidade contribuir para a emissão da maior quantidade possível de energias e fluidos positivos. Assim como também devemos estar preparados para nos sintonizar, todos os dias, com as captações positivas.

Baseado nessas verdades, você pode harmonizar o seu dia iniciando-o com uma mentalização positiva. Antes de começar as suas tarefas diárias, sejam elas em casa ou na rua, no escritório ou no seu local de trabalho, construa uma imagem desse dia com acontecimentos agradáveis, com situações satisfatórias e sensações de realização.

Mentalize tudo o que você gostaria que lhe acontecesse de bom. Imagine-se encontrando as pessoas e cumprimentando-as com alegria. Imagine-se sendo bem recebido por todos onde passar e que as conversas fluem harmoniosamente. Imagine-se resolvendo as pendências sem nenhum obstáculo, obtendo o melhor de cada um que cruzar o seu caminho e levando de si também o melhor para cada um que precisar de você hoje.

Neste dia, você consegue o que precisa das pessoas e também colabora com elas. Sua comunicação é clara e o Universo conspira a seu favor. E lembre-se: essa mentalização é criada em função de seus benefícios, mas nunca com a intenção de desfavorecer ou prejudicar alguém. A mentalização é positiva, visando o bem de todos e, especialmente, a harmonização do seu dia.

O poder da mentalização positiva pode ser tão grande que, a partir do momento em que você começar a praticar essa visualização, muitas das situações mentalizadas poderão começar a se realizar mais rapidamente.

Talvez, no início, você esteja mais atento aos resultados; com o tempo, as conseqüências desse exercício serão dias mais construtivos e mais satisfatórios e acontecerão tão naturalmente que, talvez, você nem esteja consciente de que contribuiu muito com suas mentalizações.

O que ficará em você é a sensação de que a sua vida está cada vez mais de acordo com aquilo que você deseja. O grande segredo é lembrar que os dias são ciclos preciosos de nossa existência. Cada um deles que vivemos em harmonia é mais um passo em direção a uma vida integrada e feliz.

(Adaptado do livro 10 passos para um Dia Feliz)

Autora: Rosana Braga é Escritora, Jornalista e Consultora em Relacionamentos Palestrante e Autora dos livros "Alma Gêmea - Segredos de um Encontro"
e "Amor - sem regras para viver", entre outros.
www.rosanabraga.com.br e Comunidade no Orkut


Email: rosanabraga@rosanabraga.com.br

Fonte: site http://somostodosum.ig.com.br/